Presidente da Câmara apresentou o projeto aos jornalistas. Foto: mediotejo.net

O futuro Parque Infantil que a Câmara Municipal de Ourém pretende construir num terreno municipal junto ao posto de turismo, onde atualmente se encontra o presépio, vai chamar-se “Santos Francisco e Jacinta – Fátima”, por sugestão do Santuário.

O projeto foi apresentado na reunião de Câmara do dia 4 de janeiro, mereceu aprovação unânime e segue agora para concurso público prevendo-se que as obras comecem ainda este ano. “A empreitada visa a conceção de um espaço verde com caráter lúdico, que se integre no contexto urbano, tendo conceptualmente como base, o enquadramento religioso da cidade de Fátima”, explica a autarquia em comunicado.

O presidente da Câmara, Luís Albuquerque, reconhece que “Fátima tem falta de espaços verdes”. Por isso a autarquia entendeu criar espaço na zona central da cidade, junto à avenida principal.

Em cerca de 1.100m2 de terreno vão ser implantados equipamentos para crianças, mobiliário urbano, árvores, zonas ajardinadas e corredores pedonais, num investimento estimado em 300 mil euros.

O Santuário de Fátima deu parecer positivo a este projeto e sugeriu o nome para o parque infantil.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Entre na conversa

3 Comentários

  1. Vão gastar quinhentos mil Euros numa canil para vinte cães e quarenta gatos e está visto que cães e gatos merecem investimentos de maior monta que as crianças. Ademais quinhentos mil Euros para instalações para meia dúzia de cães e gatos devem ser de luxo com jakuzi serviço de quartos etc. Só esquemas pouco transparentes, o costume portanto

  2. Que alguém se lembre de meter uma fonte, um repuxo de água em algum lugar. Onde se possa houvir e apreciar a água a correr. Já mereciamos…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.