Frei Alberto faleceu em 2015 e a população do Olival quis prestar-lhe uma homenagem. FOTO: CM Ourém

Dia 8 de outubro, sábado, realizou-se em Aldeia Nova, freguesia de Olival, uma homenagem ao Frei Alberto Carvalho, levada a cabo pelos ex-seminaristas e população do Olival. O clérigo desempenhou ao longo da vida vários cargos no concelho de Ourém, tendo falecido em 2015.

A cerimónia teve início com uma missa na capela da Aldeia Nova, tendo-se seguido o descerramento da placa e monumento de homenagem, uma obra da autoria do escultor Hugo Travanca, natural desta freguesia.

Na ocasião, o vice-presidente da Câmara Municipal de Ourém, Nazareno do Carmo, destacou a simplicidade do Frei Alberto, classificando-o como um “homem bom” que conseguiu cumprir a sua missão na plenitude, sobretudo pela capacidade de mobilizar os mais jovens a frequentar a igreja. Já a presidente da assembleia municipal, Deolinda Simões, frisou não só a simplicidade, mas também o seu humanismo.

Frei Alberto nasceu em Celorico da Beira e recebeu a ordenação sacerdotal em 1960. Ao longo da sua vida foi capelão em Moita Redonda (Fátima), professor no Seminário Dominicano de Aldeia Nova, capelão de Cercal e Ninho d´Águia (Cercal), pároco interino do Olival e subdiretor da Casa da Criança de Aldeia Nova Obra Frei Gil. Morreu em Fátima em 2015.

Cláudia Gameiro

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.