Foto ilustrativa de um helicóptero Kamov a abastecer. Foto: DR

Na reunião da Câmara Municipal de Ourém de 1 de agosto, o executivo aprovou avançar com o concurso para construção de mais três pontos de água de grande capacidade para combate a incêndios rurais, localizados em Malaguarda (União de Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais), Sobral (Nossa Senhora das Misericórdias) e Toucinhos (Alburitel). O investimento ronda os 150 mil euros e a médio prazo serão construídos mais quatro reservatórios.

Segundo informação do presidente da Câmara, Luís Albuquerque, cada reservatório terá capacidade para 873 m3, mas estará preparado para obter várias capacidades de acumulação em virtude do seu modo de construção. Quanto ao abastecimento de cada um deles, será realizado com recurso a água de furos a executar ou já existentes.

Para garantir o bom funcionamento das infraestruturas, está prevista a extensão da rede de energia elétrica, desde o ponto existente mais próximo até ao local técnico, sendo que todas as instalações serão subterrâneas por forma a garantir a segurança dos meios aéreos em manobra.

Para a autarquia, “trata-se de uma medida particularmente necessária, sobretudo tendo em conta o panorama atual dos incêndios no nosso território”.

Atualmente, o concelho de Ourém conta 29 pontos de água. Após a construção destes três reservatórios, é intenção do Município partir para a implementação de mais quatro a curto/médio prazo.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.