Dirigente associativo e Presidente da Câmara durante a cerimónia. Foto: CMO

O Município de Ourém atribuiu subsídios a 53 associações culturais e/ou desportivas do concelho no valor total de 393.427,50 euros, o que constitui um recorde em termos de apoio ao associativismo. Na sessão, o autarca de Ourém confirmou a intenção de construir “mais dois campos de futebol com relvados sintéticos, em Fátima” e revelou que “está a ser projetada a conversão do Centro Municipal de Exposições num pavilhão” de grandes dimensões.

Os apoios têm por base o Regulamento de Apoio ao Associativismo e pressupõem uma candidatura por parte de cada coletividade.

A assinatura dos protocolos onde estão definidos estes apoios foram assinados no dia 28 de junho no Teatro Municipal de Ourém pelo presidente da Câmara Municipal, Luís Albuquerque, e representantes do Movimento Associativo Oureense.

A cerimónia solene incluiu demonstrações levadas a cabo pelo grupo de danças latinas do Juventude Ouriense, pelos alunos da Ourearte – Escola de Música e Artes de Ourém, e pelos alunos da Arabesque – Academia de Dança.

Gabriel Lagarto, artista plástico e professor da área das Expressões/Artes Visuais na Escola Básica 2,3 Conde de Ourém, aceitou o desafio do Município e passou mais de três horas a improvisar ilustrações sobre cada uma das associações que subiram ao palco.

No seu discurso, Luís Albuquerque destacou o valor atribuído, sublinhando que se trata “da maior verba alguma vez entregue ao Movimento Associativo do Concelho de Ourém”, destacando a importância da revisão do Regulamento de Apoio para este efeito.

“Antigamente, estes valores eram atribuídos quase ‘a olho’… Eram decididos com base no ‘mais ou menos’… Hoje não! Agora, há um critério que beneficia claramente as associações que mais trabalham e que melhor desenvolvem as suas atividades ao longo do ano. Desde a revisão do Regulamento de Apoio, aprovada em 2020, existem critérios rigorosos, através dos quais cada associação sabe com o que pode contar da parte do Município”, frisou o autarca.

Lembrou também a aposta que o Município tem feito na promoção da atividade desportiva e anunciou novos projetos no sentido de consolidar esta estratégia.

“Quando o executivo que lidero entrou em funções pela primeira vez, o Concelho de Ourém estava muito longe dos números que agora apresenta. Hoje, somos o município do distrito com mais praticantes federados no total das modalidades. E isso também é resultado do esforço e da dedicação das associações. É precisamente esse empenho que pretendemos premiar através da assinatura destes protocolos”, sublinhou.

“Registo, também, com enorme agrado o facto de hoje todos os pavilhões estarem completamente cheios em termos de lotação. As piscinas, também estão lotadas em todas as atividades promovidas pelos clubes e pelo Município. É também a prova que os oureenses estão mais sensibilizados para a prática de exercício e do desporto em si. Graças às associações que aqui estão presentes, o número de modalidades também aumentou consideravelmente nos últimos anos”, vincou.

A concluir a sua intervenção, Luís Albuquerque recordou que além dos valores atribuídos ao abrigo destes protocolos, o Município continua a apoiar outros investimentos nas instalações das demais instalações das associações em causa.

O autarca confirmou que “é intenção da autarquia construir mais dois campos de futebol com relvados sintéticos, em Fátima” e revelou que “está a ser projetada a conversão do Centro Municipal de Exposições num pavilhão que permita a realização de jogos e atividades desportivas, dotando a cidade e o Concelho de Ourém de um equipamento capaz de captar e acolher eventos de grandes dimensões, aproveitando o parque hoteleiro de Fátima para impulsionar a economia do Concelho com a ajuda desses mesmos eventos”.

Na sessão interveio também João Moura, Presidente da Assembleia Municipal de Ourém, que elogiou a dimensão do Movimento Associativo e destacou o papel dos responsáveis das associações oureenses para o desenvolvimento social da comunidade.

Durante a cerimónia, o Município reforçou o reconhecimento aos maiores feitos alcançados por atletas e clubes do Concelho de Ourém, ao longo do ano civil de 2021:

Grupo de Atletismo de Fátima, pelo 3.º lugar da equipa sénior feminina no Campeonato Nacional de Clubes em Pista Coberta

Ana Oliveira, pela vitória no concurso de triplo salto integrado no Meeting Internacional de Salamanca

Montamora Sport Clube, pelos resultados alcançados nas mais variadas competições de ténis de mesa

Rafael Silva, por ter-se sagrado vice-campeão nacional de ténis de mesa, no escalão Sub-12

GRUDER, pela conquista do Campeonato Distrital de Futsal e consequente promoção à 3.ª Divisão Nacional de seniores masculinos

Clube Atlético Ouriense, pela subida da equipa sénior masculina à 1.ª Divisão Distrital

António Almeida, pela conquista da Taça de Portugal de Trail Running, em representação do Clube Desportivo de Espite

Casa do Povo de Fátima, pelos resultados obtidos na modalidade de Karate Shotokan

Ricardo Rasteiro, pela vitória no Internacional Cup JSKA 2021, em representação da Casa do Povo de Fátima

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.