O Sporting Clube de Tomar decretou três dias de luto e o hastear da bandeira a meia haste em memória do dirigente João Perfeito. Foto: SCT

O Sporting Clube de Tomar perdeu hoje uma das suas principais referências e individualidades. João Perfeito, o ‘Senhor Perfeito’, contava já 50 anos como sócio e, destes, 40 como dirigente.

O clube tomarense dá conta que, “de acordo com os Estatutos do Clube, são decretados três dias de luto e o hastear da bandeira a meia haste durante esse período como homenagem póstuma a este fervoroso sportinguista tomarense, acérrimo defensor dos nossos valores”.

À família enlutada, e em nome de todos os sócios, o clube presidido por Ivo Santos endereça as “mais profundas condolências”.

Informa ainda o Sporting de Tomar que foi já solicitada à Federação de Patinagem de Portugal a autorização para que seja respeitado um minuto de silêncio no início do jogo de quarta-feira, às 20:00, no Pavilhão Municipal Cidade de Tomar, que foi muitas vezes a casa de João Perfeito.

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.