António dos Santos Gaspar tinha 87 anos. Foto: DR

António dos Santos Gaspar, fundador e sócio nº 1 do Grupo Desportivo e Cultural de Seiça, morreu nesta sexta feira, dia 1 de julho, no lar de S. José, em Tomar. Conhecido por “Meirim”, tinha 87 anos e era uma figura muito estimada em Tomar e em Seiça, localidade onde nasceu.

Novo foi trabalhar para Tomar, primeiro num estabelecimento no Prado, mais tarde foi trabalhar para a casa Patrício, em Tomar e nos últimos anos nas Fábricas Mendes Godinho.

A sua sobrinha, Margarida Gaspar, fala na partida de “um grande Homem. Era um Homem simples e sem vaidade. Era fantástico, de uma sabedoria imensa”.

Ainda em Tomar a sua ligação ao desporto passou pela coletividade de Casal da Azinheira e pela colaboração na secção desportiva de vários jornais como o Cidade de Tomar e O Remate.

Na sua página no Facebook, o Grupo Desportivo e Cultural de Seiça refere que o clube “ficou mais pobre”. “O nosso querido sócio nº 1 e inigualável Meirim (António dos Santos Gaspar) virou uma estrelinha”, lamenta.

O velório iniciou-se às 19h00 desta sexta feira, dia 1, na casa mortuária de Tomar, sendo o funeral às 11h30 de sábado, dia 2, no cemitério de Carregueiros, Tomar.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.