Foto: CIMT

A presidente da CIMT, que esteve presente na sessão de dia 13 de abril, relembrou que esta Comunidade Intermunicipal atua desde há seis anos na área da Educação de forma a tentar diminuir o insucesso e a retenção escolares, reduzir o abandono escolar precoce e promover o sucesso escolar, considerando que “efetivamente, os resultados estão à vista e isto, só é possível se trabalharmos todos em rede. O PEDIME é um dos exemplos do trabalho em rede para que possamos atuar na nossa comunidade e para que possamos formar melhores cidadãos”.

Encontrando-se neste momento a CIMT a negociar o próximo quadro comunitário e sendo o PEDIME cofinanciado pela União Europeia (tendo sido sugerido a continuação do financiamento), Anabela Freitas foi clara na sua intervenção: “caso isso não seja uma garantia, entre nós, os 13 presidentes dos municípios, e porque consideramos que este projeto é muito importante, já entendemos que estamos disponíveis a assumir a totalidade dos custos do projeto”, afirmou a também presidente do município de Tomar.

Já Pedro Ferreira, presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, enalteceu a importância da intermunicipalidade, afirmando que “este projeto PEDIME tem um significado muito especial, independentemente da parte técnica e naquilo que se concretiza no desenvolvimento das nossas crianças e jovens, que é a união da CIM Médio Tejo”.

Sob o tema “Inovar, Incluir e Avaliar na Era Digital”, este Seminário Regional de Educação realizou-se nos dias 2 e 13 de abril, em Tomar e Torres Novas, respetivamente, onde foram abordadas várias temáticas educacionais subordinadas a motes como “Educação e a sua integração no mundo global”, “Inovação, Autonomia e Avaliação”, “Práticas de Ensino-Aprendizagem” ou “Uma visão pedagógica de avaliação”.

Os participantes puderam ainda desfrutar de momentos culturais promovidos pelos grupos Canto Firme, Arabesque, Choral Phydellius, e ainda pela Oficina de Dança do Agrupamento de Escolas Artur Gonçalves.

Esta iniciativa surgiu no âmbito dos PIICIE (Planos Integrados e Inovadores de Combate ao Insucesso Escolar), onde a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, os municípios que a integram e os Agrupamentos de Escolas/Escolas Não Agrupadas da região, promovem a dinamização do PEDIME (Plano Estratégico de Desenvolvimento Intermunicipal da Educação).

O PEDIME é um projeto cofinanciado pela União Europeia, Portugal 2020 e Programa Operacional do Centro 2020, através do Fundo Social Europeu, sendo dinamizado pela CIMT.

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.