Cruzeiro Religioso e Cultural do Tejo em 2016. Foto: mediotejo.net

O V Cruzeiro Religioso e Cultural do Tejo volta a fazer a ligação fluvial entre Vila Velha de Ródão e o grande estuário do Tejo, em Oeiras, entre os dias 26 de maio e 17 de Junho. As embarcações típicas, como o tradicional picoto e a bateira, regressam ao rio e passam em Mação, Abrantes, Constância e Vila Nova da Barquinha nos dias 27 e 28 de maio.

Comunidades ribeirinhas e aldeias Avieiras partilham a peregrinação fluvial da imagem de Nossa Senhora dos Avieiros e do Tejo, que este ano envolve 21 concelhos, 32 freguesias, 38 paróquias e quatro dioceses. A iniciativa é promovida pela APCA – Associação para a Promoção da Cultura Avieira e a AIDIA – Associação Independente para o Desenvolvimento Integrado de Alpiarça.

A organização contabilizou mais de 6.300 pessoas na edição de 2016, entre espetadores, participantes e peregrinos. Os últimos voltam a fazer paragens ao longo do percurso para pernoitar e juntar-se aos restantes nas cerimónias religiosas e eventos culturais organizados por equipas locais (câmaras municipais, juntas de freguesia, agrupamentos de escolas, associações e entidades privadas).

Itinerário do V Cruzeiro Religioso e Cultural do Tejo. Foto: DR

Sónia Leitão

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.