Município do Entroncamento lança Programa de Apoio à Natalidade "Olá Bébé". Foto: DR

Com esta iniciativa “inovadora, o CHMT faz um reforço da sua aposta na humanização do nascimento e na educação para a parentalidade, em linha com as melhores práticas internacionais, garantindo, acima de tudo, a segurança da grávida e do recém-nascido, através de um método baseado em evidências científicas e ministrado por profissionais de saúde com especialização em Saúde Materna”, lê-se em nota de imprensa enviada às redações.

Desenvolvido em 2006, o método GentleBirth nasceu do conhecimento científico da parteira irlandesa Tracy Donegan. Este método alia ferramentas e conteúdos da psicologia do desporto, terapia cognitiva comportamental, fisiologia do parto, mindfulness e hipnose, para preparar a mulher para tudo aquilo que nossa cultura trata como amedrontador no ato de parir – dores, nervosismo, acontecimentos imprevisíveis e até a necessidade de realizar uma cesariana.

A construção da resiliência emocional das grávidas/casais e desmistificar o “parto ideal” são alguns dos objetivos deste novo curso que nasce da iniciativa do grupo de Educação Parental do CHMT – “Cuidar para Nascer”.

Este método através da aplicação móvel disponibiliza ferramentas para que as grávidas consigam dormir melhor durante a gravidez, revela técnicas para estimular o vínculo com o recém-nascido, e inclui vários temas que exigem uma maior resiliência da grávida e futura mãe: como a depressão pós-parto ou até a perda gestacional.

O programa GentleBirth privilegia uma abordagem prática baseada nas vivências, livre expressão e partilha de ideias, emoções e sentimentos. Recorre a metodologias baseadas na escuta ativa, dinâmica de grupos, expressão e criatividade, entre outros.

“A humanização do parto é uma exigência das mulheres do século XXI, que querem usufruir de uma experiência positiva de nascimento de um filho. A preparação para o parto é essencial para desmistificar os maiores receios das mulheres, desmontar a ideia do ‘parto perfeito’ e para oferecer ferramentas que apoiem e empoderem as mulheres/casais pela viagem da parentalidade. Queremos mais humanização sem descurar a segurança das nossas grávidas e dos bebés do Médio Tejo e este método, baseado em evidências científicas, cumpre esse duplo objetivo”, afirma Ivone Caçador, diretora Clínica e diretora do Serviço de Ginecologia-Obstetrícia do CHMT.

O curso de preparação para o parto e nascimento- método GentleBirth vai arrancar no próximo dia 7 de junho na Unidade de Abrantes do CHMT e é totalmente gratuito. Divide-se em 4 sessões semanais, que se realizam às terças-feiras, entre as 14h00 e as 16h00.

A inscrição é obrigatória e deve ser feita através do endereço de correio eletrónico: maternidade@chmt.min-saude.pt

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.