Angélica Salvi atua em Ferreira do Zêzere no âmbito dos Caminhos da Água. Foto: Vera Marmelo / Fundação Calouste Gulbenkian

A iniciativa Caminhos da Água vai levar música e animação de rua a 10 concelhos do Médio Tejo, com a harpista espanhola Angélica Salvi a abrir, sexta-feira, a programação do fim de semana na Igreja Matriz de Areias (Ferreira do Zêzere).

Sábado, o Coreto de Minde (Alcanena) recebe “Coreto Com(vida)”, de Cláudia Nóvoa, com música, dança e circo, atuando Jéssica Pina (voz e trompete) no Jardim da Praça Dias Ferreira, em Ferreira do Zêzere, enquanto a Praça da República, em Vila Nova da Barquinha, será palco para o Tributo a Michael Bublé.

Sempre com entrada livre, o programa prossegue domingo com a ‘performance’ “Tempo, recursos e emoções”, de Telma Pinto e Pedro Tiago, no Jardim da Praça Dias Ferreira, em Ferreira do Zêzere, e o espetáculo “Broadway in Concert”, na Praça da República, em Vila Nova da Barquinha.

Toda a programação está disponível AQUI com informação mais detalhada sobre cada espetáculo.

Os Caminhos da Água, terceiro ciclo do projeto Caminhos do Médio Tejo, vão atravessar os concelhos de Abrantes, Alcanena, Constância, Ferreira do Zêzere, Ourém, Mação, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei e Vila Nova da Barquinha entre os dias 7 e 24 de julho, com muita música, circo contemporâneo, magia, teatro de rua e marionetas, entre muitas outras propostas.

O projeto é cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER.

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.