Foto: DR

O executivo municipal de Mação já aprovou o projeto de execução para o Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS), para a zona norte e zona sul da vila, documento que irá ainda ser submetido a candidatura para apoios financeiros.

Esta é uma oportunidade de “transformação urbana”, por via de candidatura a programa  “desenhado para os centros urbanos complementares, que é o caso das sedes de concelho”, contextualizou Vasco Estrela, presidente da CM Mação.

Previsto no projeto está a criação de ciclovia da zona da reta até à Escola Básica e Secundária de Mação e Piscinas Municipais Cobertas, bem como construção, requalificação e adaptação dos passeios existentes na zona do centro histórico e calçadas que estão pouco adequadas.

O mesmo sucede com algumas urbanizações, que vão ser adequadas e ter passeios que respeitem a legislação atual.

Vasco Estrela refere que o intuito é “tornar Mação uma vila mais agradável para os peões, onde a mobilidade seja muito mais facilitada e possamos retirar tudo o que se são atropelos urbanísticos que dificultam o acesso”.

Segundo o autarca o conjunto das intervenções deve totalizar cerca de 4 milhões de euros, um valor preliminar que poderá depois ser afinado, e que é comparticipado entre 75 a 85%.

Joana Rita Santos

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.