Mação vence de forma justa o União de Tomar e chega-se aos lugares da frente. Foto: mediotejo.net

AD MAÇÃO 3 – UNIÃO FCI TOMAR 0
Campeonato Distrital 1ª Divisão AF Santarém | 15ª jornada – 08/01/2023
Campo Municipal Agostinho Pereira Carreira, Mação

Tradicional moeda ao ar para escolha de campo ou bola

Tarde cinzenta e de chuva em Mação para a receção ao líder União de Tomar com uma bancada razoavelmente composta de adeptos no apoio às suas equipas. Tratava-se de um encontro entre dois dos melhores conjuntos do campeonato e que têm vindo a mostrar bom futebol, pelo que se perspetivava um bom espetáculo, o que se veio a confirmar.

Teia do Mação não permitiu grandes espaços a meio campo

Começou melhor a equipa de Francisco Correia e logo aos 8 minutos chega ao primeiro golo do encontro. Canto lado direito para a pequena área, alguma confusão com bola a sobrar para Hélio Ocante, que atira para o fundo da baliza de Ivo Cristo.

Mação abriu o marcador cedo na partida

A equipa de Tomar responde e aos 15 minutos de jogo, através de uma boa jogada de ataque, Wemerson, já dentro da área, atira uma bomba fazendo estremecer a trave da baliza defendida por Francisco Sousa.

Na resposta, Diogo Rosa, vendo o adiantamento de Ivo Cristo tenta o chapéu, mas o guardião nabantino consegue ainda chegar à bola e desviar para canto. Estava animado o jogo em Mação.

Jogo muito disputado entre duas equipas com os olhos postos na vitória

A equipa do Mação ganhou um livre frontal à passagem dos 25 minutos que seria aproveitado da melhor forma. Miguel Luz, chamado para a conversão, atira a meia altura e muito colocado ampliando a vantagem para 2-0. O Mação aproveitava assim da melhor maneira os lances de bola parada.

Mação letal nos lances de bola parada

A equipa de Marco Marques não se entregava e criou mais uma excelente jogada de ataque aos 30 minutos de jogo. Zé Charles entra na área e remata forte, obrigando Francisco Sousa a aplicar-se e a efetuar a defesa da tarde. Pouco depois o árbitro mandou toda a gente para o intervalo, com o Mação a vencer por duas bolas de diferença.

Francisco Sousa teve mais uma exibição de grande nível na baliza do Mação

A equipa nabantina entrou para a segunda parte disposto a tentar reduzir a desvantagem e aos 16 minutos de jogo, através de um canto do lado direito, a bola sobra para o avançado de Tomar e este, num remate mais em jeito do que em força, obriga a nova intervenção do guardião da casa defendendo para canto.

Nesta fase era a equipa de Tomar que estava por cima do jogo e aos 18 minutos criou nova oportunidade de golo. Ivan coloca a bola em Henrique e este à meia volta atira cruzado, mas a bola sai ligeiramente ao lado da baliza de Francisco Sousa.

Tomar procurava chegar ao golo

Estavam decorridos 22 minutos da segunda parte quando surge o terceiro golo da equipa da casa e novamente através de um lance de bola parada. Livre do lado direito com execução estudada em que a bola é colocada atrasada para João António e este, solto de marcação, atira para o fundo da baliza de Ivo Cristo.

Mação pragmático e eficaz, fez três golos de bola parada

A partir daqui, a perder por 3-0, a equipa de Tomar jogou mais com o coração do que com a cabeça e a equipa de Mação, bem defensivamente, soube gerir bem o jogo terminando assim o encontro sem muitas mais situações de grande perigo junto das balizas.

As duas equipas proporcionaram um excelente jogo de futebol, com vitória justa do Mação, mas talvez por números exagerados face à também boa prestação da equipa nabantina. Com este resultado no fecho da primeira volta ambas as equipas mantêm as posições. O União de Tomar continua líder com dois pontos de vantagem sobre os segundos classificados enquanto a equipa de Mação mantém a 6ª posição mas agora mais perto dos lugares cimeiros. Bom trabalho da equipa de arbitragem. No próximo fim de semana estas duas equipas têm duros testes, com o Mação a receber o Fazendense e o Tomar a jogar em Abrantes.

FICHA DE JOGO

AD MAÇÃO

Equipa do Mação. Foto: mediotejo.net

Francisco Sousa, Simão, Saúl, Bernardo, Filipe Falua, Bruno Lemos, Jaime, Luís Esteves, Miguel Luz, Diogo Rosa e Hélio Ocante.

Suplentes: João Rosa, Miguel Domingues, João António, André Loureiro e Paulito.

Treinador: Francisco Correia

UNIÃO FCI TOMAR

Equipa do União de Tomar. Foto: mediotejo.net

Ivo Cristo, Ivan, Siaka Bamba, Henrique, Douglas, Zé Maria, Leandro, Quim Zé, Anderson, Wemerson e Zé Charles.

Suplentes: Rodrigo, Sales, Kiko, Pedro Pires, Diogo, Gui Nunes e Gui Camargo.

Treinador: Marco Marques

GOLOS: Hélio Ocante, Miguel Luz e João António.

EQUIPA DE ARBITRAGEM: João Fonseca, Frederico Constantino e João Sousa.

Equipa de arbitragem. Foto: mediotejo.net

DISCIPLINA: Cartão amarelo: Siaka Bamba, Douglas, Diogo Rosa, Bernardo, Henrique, Francisco Sousa, Hélio Ocante e Saúl.

No final ouvimos os treinadores:

Francisco Correia, treinador do Mação. Foto: mediotejo.net

ÁUDIO | FRANCISCO CORREIA, TREINADOR DA AD MAÇÃO:

Marco Marques, treinador do Tomar. Foto: mediotejo.net

ÁUDIO | MARCO MARQUES, TREINADOR DO UNIÃO DE TOMAR:

Luis Ribeiro

Natural e residente em Tomar, tem como profissão Distribuidor, mas é com a fotografia que se identifica. É amante desta arte em geral, mas a sua verdadeira paixão é a Natureza e Vida Selvagem e os Retratos. É autor do livro de fotografia “Alma Nabantina” e fundador/administrador dos grupos do Facebook “Amigos da Fotografia de Tomar” e "Fauna de Tomar”. Colabora na área de fotografia na imprensa regional e local e já em 2018 foi júri convidado de dois concursos de fotografia. Neste ano conta também com duas exposições de fotografia coletivas, preparando atualmente a terceira.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *