Foto: mediotejo.net

A vila de Mação está prestes a acolher a “feira do concelho”, que decorrerá de 27 de junho a 1 de julho, no Largo Infante D. Henrique, vulgo Largo da Feira, junto ao Museu, Piscinas e GNR. O evento pretende promover Mação através da gastronomia, artesanato e atividades económicas e desporto. A aposta continua na dinamização de cinco dias de certame, algo que a CM Mação justifica com o balanço positivo dos três anos anteriores. 2017 foi “um ano atípico” e espera-se agora voltar aos números de sucesso da edição de 2016, que atraiu cerca de 12 mil visitantes e serviu cerca de 4 mil refeições.

“É um modelo que está a resultar, e que tem sido do agrado dos expositores e das associações que têm os espaços de restauração, e também dos cafés, e de maneira geral, da população”, justificou Vasco Estrela, presidente da CM Mação. O orçamento está “dentro daquilo que tem sido habitual” prevendo-se um investimento de cerca de 100 mil euros para a festa, incluindo “montagem da feira, custos com os artistas, e o dinheiro a ceder às associações do concelho para desenvolverem algumas das suas iniciativas”, enumerou.

Vasco Estrela mencionou que continuará a ser dada “primazia às empresas e entidades do concelho”, no sentido de poderem “divulgar aquilo que de melhor fazem, os produtos que têm, para se darem a conhecer”. Deste modo, crê a autarquia que se poderá dar uma dando aos visitantes “uma melhor perceção do que é o concelho de Mação e principalmente o que são as suas potencialidades e as suas oportunidades”, sem esquecer a importância deste evento na ” tentativa de preservação da nossa história e da nossa memória, e também das nossas riquezas”, disse o presidente social-democrata, que partilhou a mesa de conferência de apresentação do evento com os vereadores do executivo camarário: António Louro, Vasco Marques, Margarida Lopes (PSD) e Nuno Barreta (PS).

O autarca referiu que, na senda da valorização e reconhecimento às empresas locais, haverá novamente um momento de distinção aos empresários do concelho, que também já foram “agraciadas pelo IAPMEI, pelos prémios PME Líder e PME Excelência. Temos três empresas”, referiu, dando conta que a cerimónia acontecerá após a visita oficial à Feira mostra, na sexta-feira, dia 29 de junho, pelas 19h30.

Este ano o espaço contará ainda com 85 stands de exposição, bem como 5 bares exploradores por estabelecimentos do concelho, que estarão situados junto à zona de espetáculos. Os dois stands centrais pertencerão ao Município de Mação e à Associação “AmarMação”, como em anos anteriores, interligados num espaço amplo com ícones informativos bem como mostra de produtos típicos, e onde decorrerão algumas iniciativas do programa.

Estarão ainda no setor da restauração 7 espaços, da responsabilidade de coletividades e instituições do concelho, que irão servir desde o Maranho, ao Cabrito no Forno, a Chanfana, o Javali, até à Sopa de Peixe, Bacalhau Assado, Carnes de Alguidar e o típico Frango na brasa.

Irá manter-se a animação infantil, com o parque de insufláveis, mas com uma parede de escalada enquanto novidade, com colaboração do Grupo Desportivo de Envendos.

O recinto terá dois palcos, o principal, onde atuarão os cabeças-de-cartaz Jorge Palma, UHF e Carlão, e ainda o palco para os Djs, todos oriundos do concelho de Mação (que animarão todas as noites, de quarta-feira a sábado). Constam ainda do programa Tributo aos Xutos e Kwantta.

Também os grupos do concelho estarão presentes na iniciativa, contando-se com atuações do Grupo de Cantares da Serra, Grupo Musical Amendoense, Grupo Cultural “Os Maçaenses”, o Conservatório FirMação e a estreia do novo projeto da SFUM, a FUNfarra da Filarmónica União Maçaense.

Programa apresenta diversas atividades complementares

Feira do Livro. Foto: CMM

O Anfiteatro José Costa vai voltar a brindar os visitantes na entrada da Feira Mostra com uma mostra dedicada aos amantes da leitura e dos livros. Com a 20ª Feira do Livro, para além da oferta literária, acontecerão alguns momentos como sessão de autógrafos conjunta “Autores de Mação” (29 de junho, às 21h00) e ainda duas apresentações de livros, no domingo (dia 1 de julho), com “Respira Natureza em Mação” de GADY Rui Santos, pelas 18h30, e “Singularidades de uma Mulher de 40” de Elsa Ribeiro Gonçalves, com a chancela nacional da editora Médio Tejo Edições, a Origami Livros.

Este ano o blogger de viagens Carlos Bernardo, premiado internacionalmente, não quis ficar de fora, e tendo passado os últimos tempos a conhecer e viajar por Mação, irá estar à conversa sobre o seu projeto “O Meu Escritório é Lá fora”, que é nada mais, nada menos que um “Diário de um sonhador”. O momento está previsto para dia 30 de junho, pelas 21h30.

Por outro lado, a autarquia destaca ainda o envolvimento das associações concelhias na dinamização de eventos complementares ao certame.

Caso do Torneio de Sueca, organizado com a parceria do Grupo de Cicloturismo de S. José das Matas no dia 28 junho (quinta-feira, às 20h30) e do Torneio de Malha no dia 30 de junho (sábado, pelas 15h00).

Sábado será dia em cheio e com atividades para todos os gostos e idades. Acontecerá pelas 9h00 na aldeia de Castelo, pela mão da Associação de Caçadores, um Encontro de Cães de Parar com largada de perdizes. Também neste dia, regressa a prática de canoagem ao programa do certame, seguindo um autocarro de Mação que levará os participantes até Ortiga, para o evento organizado pela associação Amigos da Estação.

Junto à Igreja Matriz, a partir das 17h00, haverá uma instalação artística de António Colaço, alusiva aos incêndios do verão passado, que se intitula “Vamos Incendiar.te, Mação”.

Entre as 18h00 e as 19h30, tempo para a prática desportiva, com uma Color Run organizada pelo GDCR Penhascoso e aula de Zumba no palco 2.

Trail das Zagaias. Foto: BTZ

Domingo, dia 1 de julho, e o último da programação da Feira Mostra, fecha com o Trail das Zagaias, com partida em autocarro do recinto da Feira, pelas 8h30, para o Parque de Merendas do Brejo, contando com organização do BTZ Mação e ARC Chão de Codes. Pelas 9h00 terá lugar um Passeio de motorizadas clássicas, com partida do recinto da Feira Mostra, uma organização do CSCD de Envendos/Amigos das Velhas Máquinas de Envendos.

Por fim, momentos pensados para os amantes das bicicletas e caminheiros. Com Passeio de cicloturismo partindo do recinto da Feira, organizado pelo GDR Carvoeiro, e o passeio pedestre “Rota do Sagrado”, organizado pelo CC Queixoperra.

A autarquia destaca ainda a iniciativa de apresentação do GEMA (Gabinete Empreendedor de Mação), que acontece no domingo, pelas 16h30, no Centro de Negócios de Mação, que assinala 1 ano de existência. Haverá visita guiada ao espaço, bem como apresentação do serviço disponível e assinatura de contratos com empresas que ali irão ficar sediadas.

Consulte na seguinte ligação o programa completo, com atividades e respetivos horários ao longo dos cinco dias de certame: http://www.cm-macao.pt/index.php/pt/83-info-municipal/noticias/813-feira-mostra-macao-2018

O Centro de Negócios/Ninho de Empresas, situado na Zona de Industrial de Mação, foi inaugurado a 30 de junho de 2017, e representa um investimento de 700 mil euros por parte da CM Mação. Foto: mediotejo.net

Joana Rita Santos

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.