Foto: FB Rio de Moinhos

As seis freguesias portuguesas unidas pela designação de Rio de Moinhos vão juntar-se este fim de semana, dias 2 e 3 de julho, na aldeia de Rio de Moinhos, no concelho de Borba, no XVI Encontro Nacional dos Rio de Moinhos de Portugal. Após dois anos de interregno, o presidente da Junta de Freguesia de Rio de Moinhos do concelho de Abrantes, Rui André, confessa serem altas as expectativas e muitas as saudades.

Pertencentes aos concelhos de Arcos de Valdevez, Penafiel, Sátão, Abrantes, Borba e Aljustrel, os riomoinhenses de norte a sul de Portugal juntam-se desde há 18 anos por esta ocasião, com um interregno de dois anos devido à pandemia, de forma rotativa por cada uma das localidades, num dia em que partilham experiências culturais, politicas, gastronómicas e musicais.

ÁUDIO | RUI ANDRÉ, PRESIDENTE JF RIO DE MOINHOS (ABRANTES):

O projeto, idealizado em 2002, viu a sua primeira edição concretizada em 2004 nesta freguesia do concelho de Abrantes decorrendo este ano em Rio de Moinhos, no concelho de Borba.

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.