Irene Calado celebra 100 anos de vida com festa em lar de Santa Margarida da Coutada (Constância). Foto: mediotejo.net

Mãe de duas filhas, dona Irene, a mais velha de sete irmãos, a mais nova dos quais com 84 anos, tem três netos e seis bisnetos, todos presentes na festa de aniversário promovida pelos responsáveis do lar da Santa Casa, em Santa Margarida, a par de outros familiares, como genros e irmãos, revelando uma jovialidade, simpatia e alegria de viver tão surpreendentes quanto contagiantes.  

Irene Calado completou 100 anos de idade no dia 10 de setembro, junto dos demais utentes do lar de Santa Margarida, Provedor e demais funcionários da instituição, a que se juntou a família e a música levada pelos elementos do rancho folclórico ‘Os Camponeses’ de Malpique, num dia que era muito aguardado pela aniversariante.

Irene Calado festejou 100 anos no dia 10 de setembro. Foto: mediotejo.net

“Estou muito feliz e muito contente”, disse Irene Calado ao mediotejo.net, dando conta da sua alegria por ter reunido à sua volta amigos e familiares numa data tão importante quanto emblemática. “Tenho aqui a família toda, graças a Deus”, afirmou, enquanto conversava com filhas e netos e tirava fotografias para a posteridade num lar que a acolheu há sete anos.

VIDEO/REPORTAGEM:

“Vim para o lar há sete anos porque eu assim o quis”, notou, uma decisão que a família aceitou e que hoje reconhece ter sido uma boa opção para Irene Calado. “Todos me tratam bem e são meus amigos”, disse a centenária, enquanto se abraça a Teresa Flor, diretora do lar.

“É uma inspiração [a dona Irene], adere a todas as iniciativas, e está sempre bem disposta e com uma grande força de viver”, disse a responsável do lar, tendo lembrado que um dos objetivos da instituição passa, precisamente, por “promover um envelhecimento ativo”.

“A festa é da dona Irene e também para nós [funcionários] é um dia de grande alegria”, acrescentou Teresa Flor, tendo referido que os outros utentes sabem que quando chegarem aos 100 anos vão também ter direito a uma festa como a da dona Irene.

Irene Calado comemorou o seu centenário rodeada de familiares e amigos. Foto: mediotejo.net

Promessa que poderá ter de ser cumprida em breve, uma vez que o lar em Santa Margarida tem dois utentes com 99 anos e estão a poucos meses de cumprirem o seu centenário. Além de dona Irene, o lar, que conta com 41 utentes e tem 31 funcionários, tem mais uma pessoa com 100 anos, mas que não esteve na festa, por estar acamada.

“Está sempre bem disposta e com alegria, e envelhecer assim, com qualidade de vida, é uma bênção”, disse ao nosso jornal Irene Costa, a filha mais velha, com 70 anos cumpridos mas que aparenta não ter.

“É uma data muito bonita, está com saúde, sempre bem-disposta e é uma ótima relações públicas. Eu gostava de ter os genes da minha mãe e chegar aos 100 anos com esta boa disposição”, confessou, agradecendo o profissionalismo e dedicação dos trabalhadores do lar e dos seus responsáveis.

E como não festa sem bolo, o de dona Irene foi a dobrar, que os convidados eram muitos e cem anos não se comemoram todos os dias, cantados a uma só voz. Parabéns, dona Irene!

Fotogaleria:

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Entre na conversa

1 Comentário

  1. Tive o gosto de conhecer a D.Irene , senhora de muitas histórias sobre a minha mãe , de quem muitas vezes tomou conta, na Casta e eu ouvia com muita atenção essas histórias de tempos que já nao voltam . PARABÉNS D. IRENE

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.