Alguns dos postais que podem ser apreciados na exposição. Foto: DR

De 22 de maio a 10 de julho decorre na Biblioteca Municipal da Golegã uma exposição de bilhetes-postais sobre o tema dos Monumentos de Património Nacional.

A Câmara da Golegã, que promove a iniciativa, explica em nota de imprensa que “ o bilhete-postal integra a história da comunicação e das tecnologias da informação pela imagem, sendo o percursor dos postais eletrónicos (e-cards), das home page, dos jogos digitais e dos posts em weblogues”.

“Muito adequados à imagem excursionista, os postais ilustrados são um dos principais repertórios visuais do turismo do século XX, senão dos mais importantes. Com as versões “Recordação de…” inicia-se na história deste meio de comunicação a busca da paisagem física e humana, vertente que mantém os bilhetes-postal vivos, ainda hoje, nos quiosques e lojas de souvenirs”, refere a mesma nota.

Em Portugal, o bilhete-postal ilustrado teve ampla difusão como instrumento visual na promoção de regiões, monumentos, costumes, da cultura em geral.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.