O programa “Aldeia Segura – Pessoas Seguras”, sobre a preparação e proteção em caso de incêndio rural, está a ser apresentado no concelho de Gavião até ao dia 2 de março, em diferentes localidades do município.

As primeiras duas sessões decorreram no dia 16 de fevereiro, na localidade de Moinho do Torrão e em Atalaia, e no sábado, dia 2 de março, será a vez de Vale Pedro Dias receber a apresentação do programa “Aldeia Segura”, às 14h30, nos Lavadouros Públicos, e a Ferraria às 16h30, na Escola Primária.

O programa procura garantir uma maior proteção das aldeias em caso de incêndio e tem como objetivos, entre outros, incentivar a consciência coletiva de que a proteção é uma responsabilidade de todos, apoiar o poder local na promoção da segurança, implementar estratégias de proteção das localidades face a incêndios rurais e sensibilizar as populações para a adoção de práticas que minimizem o risco de incêndio.

A execução do programa “Aldeia Segura – Pessoas Seguras” resulta de um protocolo assinado entre a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) e a Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE).

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.