O Parque de Ribeira da Venda, em Comenda, tem desde julho de 2021 uma piscina para adultos. Foto arquivo: mediotejo.net

O executivo municipal de Gavião deu conta de atos de vandalismo que têm ocorrido na zona de lazer da Ribeira da Venda, em Comenda, desde que o calor começou a apertar e as piscinas a serem utilizadas, incluindo com pessoas a nadarem vestidas e calçadas.

Nesse âmbito o vereador eleito pelo PSD, Vítor Filipe, sugeriu um “código de conduta e postura” para as piscinas naquele espaço. No fundo, um regulamento de utilização de espaços públicos uma vez que “há pessoas a tomar banho vestidas”, alertou, com o objetivo de limitar “este tipo de abusos”, tendo em conta que tal situação “não está prevista na lei”.

Também o vereador da CDU, Rui Vieira, falou em “incumprimento há anos” na Ribeira e na piscina das crianças, lembrando que a piscina de adultos foi inaugurada há cerca de um ano. Por isso, concorda com a solução que está a ser equacionada pelo executivo de maioria PS “para dar alguma dignidade ao local”, ou seja, a colocação de seguranças privados durante os fins-de-semana no verão, no sentido de evitar “comportamentos abusivos” que têm ocorrido quer na zona das piscinas quer no parque de merendas.

Em declarações ao nosso jornal, à margem da reunião de Câmara, o vice-presidente, António Severino, deu conta do “aumento de pessoas que vão àquele espaço” reconhecendo a existência “de alguns atos menos próprios” reportados “pelo concecionário do bar e por um dos funcionários [municipais] que está afeto” àquele Parque, designadamente para a manutenção da piscina.

Nos dois últimos fins-de-semana “existiram alguns atos de vandalismo, como chuveiros partidos, lixo em cima das mesas, pessoas que vão para a piscina com a roupa que trazem no corpo, com sapatos”, afirma o autarca acrescentando que o executivo já se deslocou ao local duas vezes, bem como a Guarda Nacional Republicana, mas sem sucesso, ou seja, quando chegaram ao local, quer a GNR quer os autarcas, “não se verificava tal abuso”.

A solução pode, então, passar pela colocação de segurança privada no local. “Não sabemos se vai resultar, mas se não fizermos nada é que não resulta”, concluiu.

Vice-presidente da Câmara Municipal de Gavião, António Severino

O espaço de lazer da Ribeira da Venda foi enriquecido em julho de 2021 com uma nova piscina, que complementou uma já existente para crianças, e representou um investimento do município de Gavião na ordem dos 65 mil euros.

O Parque da Ribeira da Venda encontra-se a cerca de um quilómetro de Comenda. Trata-se de um espaço verdejante, com árvores frondosas, relva e uma ribeira com água de nascente e açude, mas que no verão apresenta um caudal cada vez mais reduzido, o que impossibilita os tradicionais mergulhos. O espaço de lazer conta ainda com diversas pontes que cruzam o local, e também uma antiga ponte de arcos romanos.

O Parque dispõe de diversas infraestruturas, nomeadamente parque de merendas com churrasqueiras, snack bar com esplanada, parque infantil, circuito de manutenção, pista de skate e balneários. A utilização é gratuita.

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Entre na conversa

1 Comentário

  1. este sitio é o culminar da inercia da atual presidência da camara do gavião, que só serve para embelezar a entrada o resto não lhe interessa como responder a um municipe que têm a lado da casa numa casa ao abandono a floresta amazonica mas nada faz que é o timbre dele porque sou estranjeiro no meu pais e pago inpostos, por isto é que o gavião é “Alentejo”, diferente.
    bem haja sr jose pio

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.