Água (imagem ilustrativa). Créditos. Pixabay

No sentido de minimizar as consequências da pandemia de covid-19, o Município de Gavião eliminou a cobrança de água porta a porta e procedeu ao diferimento do prazo de pagamento do consumo até ao dia 30 de maio, “sem qualquer agravamento, e dependendo do evoluir da situação, poder ser dilatado no tempo”, informa em comunicado.

Ainda assim mantêm-se a leitura dos consumos, “pois de outra forma e atendendo a que este pagamento está sujeito a escalões, estaríamos a penalizar os Munícipes”, refere a autarquia.

No entanto, como muitos contadores estão instalados dentro das habitações a Câmara Municipal decidiu que “apenas os contadores instalados no exterior da habitação serão objeto de contagem”.

Apela ainda a quem tem os contadores dentro da habitação, “para fazer a leitura e dela dar conhecimento pelo telefone, 241 639 070 à secção de águas do Município de Gavião, ou através do e-mail: dosu@cm-gaviao.pt (leitura de março até 30 de março – leitura de abril entre 20 e 29 de abril).

Mais informa que “pode ainda deixar um autocolante afixado na porta com a contagem, por forma a que o leitor/cobrador quando passar, e faça a sua recolha. A faturação será depositada no recetáculo postal.

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.