Gavião iniciou as atividades do Mês da Proteção Civil com exposição de meios e recursos dos vários agentes de Proteção Civil. Créditos: CMG

A Alameda 25 de Abril, em Gavião, foi palco na quinta-feira de uma exposição de meios e recursos dos vários agentes de Proteção Civil.

Esta ação assinala o início das comemorações do Dia Internacional da Proteção Civil (assinalado a 1 de março) e tem como propósito “sensibilizar a comunidade em geral para a importância da proteção civil, prestar tributo a todos os agentes de proteção civil e promover a reflexão e o diálogo em torno dos riscos a que populações e territórios estão sujeitos, e o papel que cabe a cada um de nós, cidadãos, no esforço coletivo de criação de comunidades resilientes a catástrofes”, refere o município.

Gavião iniciou as atividades do Mês da Proteção Civil com exposição de meios e recursos dos vários agentes de Proteção Civil. Créditos: CMG

A Câmara Municipal de Gavião pretende “continuar a desenvolver ações no domínio da prevenção e sensibilização, garantido desta forma uma população mais resiliente”, acrescenta a nota informativa.

 Na exposição de meios e recursos dos vários agentes de Proteção Civil estiveram presentes as seguintes entidades: Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Força Especial de Proteção Civil, Sapadores Florestais, Bombeiros de Gavião, Guarda Nacional Republicana e a Unidade de Emergência de Proteção e Socorro da Guarda Nacional Republicana.

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.