Ouriense venceu União de Tomar por 1-0. Foto: JD

Jogo difícil e muito disputado na primeira parte entre as equipas do Ouriense e do União de Tomar, com pouco espaço para jogar, poucos remates e poucas ocasiões de golo. Seria, no entanto, neste período do desafio que a equipa de Ourém obteria o golo que lhe valeu os três pontos, numa vitória inteiramente merecida.

Foi aos 26 minutos de jogo que surgiu o golo da equipa da casa, num livre rapidamente cobrado e em que Duarte Neves aparece a corresponder bem e a desviar para a baliza.

O golo não mudou a forma de jogar das duas equipas, mas até ao intervalo não houve mais qualquer situação de golo flagrante.

Ouriense marcou na primeira parte e geriu resultado até ao final. Foto: JD

Na segunda parte, o União de Tomar teve de continuar a correr atrás do prejuízo, mas a equipa da casa segurava-se bem e procurava, em lances de contra-ataque, marcar mais um golo que lhe permitisse resolver a partida.

As substituições efetuadas pela equipa do Ouriense, orientada por Marco ramos, tiveram mais efeitos práticos do que as realizadas pelo União de Tomar, sendo que a equipa nabantina não mais conseguiu mudar o rumo do jogo e o resultado.

Foto: JD

O Atlético Ouriense conseguiu defender-se bem e fechar os caminhos da sua baliza, e quando tinha a bola conseguia ser mais eficaz na troca do esférico e no aproveitamento dos espaços.

Vitoria que acabou por ser justa e em que o União de Tomar não conseguiu forçar a divisão de pontos.

Boa arbitragem de Rui Cabeleira e seus assistentes.

Vitória justa do Ouriense perante o União de Tomar. Foto: JD

Ficha de jogo:

Arbitro: Rui Cabeleira

Assistentes: Rui Ferreira e Francisco Pereira

At. Ouriense:

Taborda, Duarte Neves (Quim Zé), J. Batista, Tiago Ferreira, Sava, Graça, Fabio Luzio, Luis André (Leandro), Dino (cap), Claudio  Major (João Magalhães) Rui Ferreira.

Treinador: Marco Ramos

Suplentes não utilizados: Mauro, Tiago, Diogo Rosa, André Sousa

U. Tomar:

Nuno Ribeiro, Diogo Gaspar (Nathan), Filipe Cotovio, Fabio Vieira,  Douglas (Kiko), Telmo Ferreira (Juninho), David Vieira (André Lopes),  Pires (Rafael Santana), Rui Lopes, Handerson, João Pedro.

Treinador: Lino Freitas

Suplentes: Brito, Faustino.

Golo: Duarte Neves. 26min

*Jorge Duarte, parceria rádio Hertz e mediotejo.net

Jorge Duarte

Irreverente, frontal e critico. Nasceu em Abrantes no melhor ano do
século passado: 1969, ano em que o Homem foi à Lua. Nos tempos de liceu queria ser jornalista, tendo optado por essa área, onde pela mão do Prof. Alcino Serras deu os primeiros passos na profissão, tendo começado mais a sério na Radio Antena Livre, no final da década de 80. Desde essa altura, o 'bichinho' ficou, tendo colaborado com várias rádios e jornais. Gosta de colecionar amigos e de se dar bem com toda a gente (mesmo sabendo que isso não é possível).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *