Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

CASA DO POVO DE PEGO 2 CLUBE ATLÉTICO RIACHENSE 2
4ª Jornada – 2ª Divisão Distrital (Série B)
Domingo, dia 30 de outubro 2022
Campo de Jogos do Pego (Pego – Abrantes)

Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

O sol, quente, ia aparecendo para iluminar o Campo de Jogos do Pego, e talvez tenha sido por isso que o jogo começou algo morno, com ambas as equipas sem conseguirem estruturar muito o jogo nem delinear jogadas objetivas. Contudo a eficácia de Fábio Santos deu logo outro alento ao jogo aos oito minutos. Recebendo a bola antes da entrada da área adversária e apanhando a defesa desprevenida, o capitão pegacho seguiu com ela em direção à baliza, sendo que Rafa (guardião riachense) nada conseguiu fazer para evitar a boa concretização para golo.

A equipa da casa colocava-se assim em vantagem, mas esta não durou muito tempo. Igualmente eficaz, o avançado riachense Lucas Aquino fez o empate após um corte de cabeça da defensiva do Pego para zona proibida. Aproveitou Lucas que, vendo a bola chegar-lhe aos pés, não se fez rogado e disparou para o fundo das redes.

Fábio Santos, segundos antes de fazer o 1-0 para a equipa do Pego. Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Perto da meia hora de jogo, foi Fábio Santos novamente o responsável por desenlaçar a partida e de forma idêntica ao primeiro tento. Recebendo uma bola à entrada da área, o capitão do Pego adiantou a mesma para dentro da grande área e mais uma vez não perdoou. O defesa Diogo Castanheiro ainda tentou intercetar, mas sem sucesso. Estava consumado o dois a um.

A equipa visitante não baixou os braços e tentou chegar de novo ao empate, desde logo por intermédio de João Duarte que, após um colega já ter caído dentro de área numa disputa de bola, viu a bola chegar-lhe aos pés. João Duarte ensaiou um forte remate que no entanto passou por cima do travessão.

A partida foi disputada no campo de jogos do Pego e contou com uma boa presença de adeptos a apoiarem as suas equipas. Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Pouco tempo depois foi a vez de Diogo Madeira tentar a sua sorte. Depois de o Riachos ter trocado bem a bola e de o capitão do Riachos ter visto o caminho desimpedido, atirou forte e rasteiro. O cálculo do pontapé no entanto não foi o mais correto, tendo a bola passado ligeiramente ao lado.

A equipa de Riachos queria levar pontos para casa. Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Depois de a equipa de arbitragem – totalmente feminina – ter mandado os jogadores para o balneário, estes regressaram convictos: os da Casa do Povo do Pego em defender a vantagem e os do Clube Atlético Riachense em anulá-la.

O Riachos tentou pegar no jogo e ir para cima da equipa da casa. No entanto ao adiantar-se no terreno, também se expunha mais a contra-ataques, algo que aconteceu poucos minutos depois do retomar da partida, com um jogador do Riachos a ser obrigado a fazer falta para travar uma jogada que se previa perigosa. Na concretização Tiago Mello rematou muito por cima, sem perigo.

Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Muito perigoso foi o remate de Lucas, por parte da equipa de Riachos que surgiu após um passe rasteiro por parte do lado direito. Com tempo e calma, Lucas recebeu a bola à entrada da área, apontou e rematou. O remate perigoso passou a rasar o poste para desespero dos adeptos que se deslocaram desde Riachos.

Perto dos 60 minutos de jogo o Riachos conseguiu delinear uma boa jogada, progredindo no terreno através de tabelinhas desde o meio campo, que culminou com um passe a rasgar para Pedro Gouveia que seguiu isolado com a bola para dentro da área do Pego, até frente ao guarda redes. O ângulo, no entanto, não era o mais favorável, e Pedro Gouveia tentou fazer o mais lógico, picando a bola sobre o guarda-redes aquando a saída do pegacho João Elisbão, mas a mesma passou um pouco ao lado.

Remate saiu muito por cima. Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Cerca de cinco minutos depois, Gaby seguiu numa jogada individual e fintou dois jogadores do Pego entregando depois a bola a Pedro Gouveia que rematou colocado e rasteiro. Ainda se gritou golo por parte de alguns adeptos riachenses, mas João Elisbão atirou-se a tempo para o chão, segurando a bola.

Pouco depois João Elisbão bateu uma bola longa, a qual foi aproveitada por Carlos Silva após um defesa do Riachos falhar o corte de cabeça. O nº13 do Pego, vendo que o guarda-redes riachense saiu de entre os postes, tentou o chapéu, o qual esteve perto de ser bem concretizado, não tivesse a bola passado ligeiramente ao lado.

Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

A equipa de Riachos no entanto não desanimava e tentava a todo o custo empatar a partida, algo que conseguiu pouco depois dos 80 minutos novamente através de Lucas Aquino que após uma bola cruzada para o coração da área não deu hipótese e colocou-a no fundo das malhas da baliza. O nosso jornal não conseguiu perceber bem o motivo, mas no final dos festejos o treinador do Riachos foi expulso.

O jogo por esta altura já estava bem mais acalorado, o que despoletou inclusive algumas quezílias entre os jogadores, o que culminou na expulsão do pegacho André Batista aos 85 minutos. Antes da partida terminar ainda houve tempo para dois remates, um de cada equipa, ambos sem perigo e passando bem por cima dos travessões.

Ficou assim estabelecido o resultado final de 2-2, pelo que a equipa do Pego e de Riachos partilham a liderança com 10 pontos conquistados, sendo que a União Desportiva Atalaiense, com um jogo a menos e sete pontos conquistados, pode-se-lhes juntar na liderança da série B da 2ª divisão distrital. Arbitragem pacífica na grande maioria da partida, com um trabalho mais complicado perto do final da partida, mas com a equipa liderada por Daniela Ferreira a mostrar-se segura. Pode consultar todos os resultados AQUI.

Ficha do Jogo:

CASA DO POVO DO PEGO

Fábio Duque, Fábio Santos, Victor Souza, João Horta, Pedro Rosado, João Elisbao, Guilherme Bispo, Tiago Gaspar, Thiago Mello, João Oliveira, João Ferreira.

Suplentes: Diogo Lopes, Carlos Silva, Paulo Batista, Vasco Bioucas, André Batista, Rodrigo Carreceno, João Mascate.

Treinador: Pedro Sampaio.

Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

CLUBE ATLÉTICO RIACHENSE

Francisco Estevão, Diogo Castanheiro, Diogo Graça, Leandro Silva, Miguel Garrido, Gabriel Gomes, Lucas Aquino, João Duarte, Rafael Estanqueiro, Tomás Mira, João Ferreira.

Suplentes: Leonardo Gomes, Simão Faria, Pedro Gouveia, Rui Dias, Ricardo Mota, Francisco Esteves, João Sá.

Treinador: Paulo Esteves.

Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

GOLOS: Fábio Santos [2] (Pego) / Lucas Aquino [2] (Riachense)

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
Daniela Ferreira, Maria Baptista, Beatriz Rosa

Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Como habitualmente fomos escutar os responsáveis técnicos de ambas as equipas:

PEDRO SAMPAIO (Pego):

Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

PAULO ESTEVES (Riachense):

Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *