A equipa de Mouriscas recebeu a de Vale de Cavalos, conseguindo vencer por 2-1, assegurando assim a passagem à próxima fase. Foto: mediotejo.net

CP MOURISCAS 2 – 1 VALE DE CAVALOS
Liga INATEL – Grupo – C – 10ª Jornada (última)
23 janeiro 2022 – Campo das Aldeias (Mouriscas)

A décima e última jornada da primeira fase do grupo C da Liga Inatel prometia emoção até ao final, com três equipas a sonharem com a passagem à próxima fase: Mouriscas e Vale de Cavalos, que se defrontaram, e Carvoeiro que se debateu com a equipa de Alvega, já apurada. Num jogo bem disputado numa tarde de sol convidativa à prática futebolística, a equipa de Mouriscas acabou por levar a melhor sobre a equipa chamusquense, num jogo que só começou a ser desenlaçado na segunda parte. Após sofrer dois golos a abrir a segunda parte, a Sociedade Recreativa de Vale de Cavalos teve de correr atrás do prejuízo, conseguindo reduzir mas não sem evitar a vitória da equipa de Mouriscas que, com a derrota de Carvoeiro, confirmou assim a sua presença entre as 14 equipas que seguem agora para a série 1 de apuramento de campeão.

As equipas da Casa do Povo de Mouriscas e da Sociedade Recreativa Vale Cavalense defrontaram-se no Campo das Aldeias, em Mouriscas. Foto: mediotejo.net

O jogo começou muito dividido, principalmente a meio campo, com ambas as equipas a mostrarem vontade mas sem quererem expor-se demais ao jogo do adversário. A equipa de Mouriscas foi a primeira a chegar até à baliza adversária com um remate aos três minutos que bateu, com estrondo e pelo lado de fora, no ferro interior direito da baliza de Vale de Cavalos.

A partida decisiva contava para a 10ª e última jornada. Foto: mediotejo.net

Através de um livre marcado entre o meio campo e a grande área, um jogador da Casa do Povo de Mouriscas foi à procura da bola enviando-a de calcanhar para dentro da área onde, entre a confusão, um jogador de Vale de Cavalos ia fazendo autogolo, tendo o esférico ido parar à malha superior da baliza.

Na sequência desse lance foi batido o pontapé de canto, através do qual a bola foi cabeceada para o segundo poste onde surgiu um jogador de Mouriscas a cabecear, enviando a bola direitinha ao ângulo direito. A defesa atenta de David Gonçalves evitou que fosse inaugurado o marcador. David Gonçalves, jogador do meio-campo, apresentou-se a defender a baliza de Vale de Cavalos, uma vez que os dois guarda-redes da equipa que se deslocou desde o concelho da Chamusca não puderam estar presentes na partida. 

O jogo foi ganhando alguma dinâmica com o desenrolar da partida, com oportunidades de parte a parte. Foto: mediotejo.net

O jogo ia assim ganhando alguma dinâmica e pouco depois dos 10 minutos de jogo a equipa visitante beneficiou de um livre a meia distância. O remate não saiu muito forte e foi direito ao guarda-redes, mas a defesa incompleta de Anselmo Pedro ia colocando a equipa de Mouriscas em apuros.

Ao quarto de hora de jogo a equipa de Vale de Cavalos teve a sua primeira grande oportunidade. Marco Santos seguiu em corrida atrás da bola e conseguiu isolar-se em frente ao guarda-redes mas Anselmo Pedro conseguiu-se interpor no caminho da bola, acabando por desviar o esférico com a cara. A recarga que se seguiu não foi a melhor, e a bola passou longe do alvo.

Anselmo Pedro, guarda-redes da equipa de Mouriscas, conseguiu evitar que a equipa de Vale de Cavalos inaugurasse o marcador. Foto: mediotejo.net

A Sociedade Recreativa Valcavalense conseguiu assustar pontualmente a equipa da casa através de bolas colocadas nas costas da defesa, uma vez que os seus jogadores mais adiantados superavam os defesas de Mouriscas em corrida, mas sem conseguirem criar perigo efetivo.

Antes do descanso propiciado pelo intervalo, um jogador de Vale de Cavalos ensaiou um remate o qual foi defendido sem grande esforço, e na sequência de um canto um jogador da equipa de Mouriscas cabeceou por cima do travessão, pelo que as equipas foram para os balneários sem terem conseguido alterar o marcador.

O intervalo pareceu ter feito bem à equipa da casa. A Casa do Povo de Mouriscas entrou da melhor maneira possível, marcando logo após o apito da retoma da partida, através de um golo de Daniel Rodrigues que, com a cabeça, respondeu da melhor maneira ao cruzamento que o procurou dentro de área.

O jogo disputou-se durante uma tarde de domingo solarenga e convidativa. Foto: mediotejo.net

Estava inaugurado o marcador, com a vantagem das Mouriscas a ser ampliada pouco tempo depois. Volvidos dois minutos, foi a vez de Fernando Lopes aparecer no centro da área para responder a uma bola colocada a meia altura e a pedir um remate direto, pelo que o jogador não hesitou em chutá-la para dentro da baliza. Estava feito o 2-0 para a equipa da casa e o apuramento estava cada vez mais perto, apesar da incógnita relativamente ao jogo que se disputava à mesma hora em Carvoeiro.

Pouco depois do segundo golo das Mouriscas, foi novamente a equipa adversária, numa jogada a aproveitar a velocidade de Afonso Silva, a causar perigo. Quando se preparava para ir direito à baliza, deixando os seus adversários para trás, foi agarrado e travado numa falta ‘cirúrgica’ o que fez André Gralha, juiz da partida, desembolsar a cartolina amarela. Na conversão da falta, a bola foi chutada por cima da baliza.

David Gonçalves, responsável por defender as redes da equipa de Vale de Cavalos, a interpor-se na trajetória da bola. Foto: mediotejo.net

O mesmo Afonso Silva levou depois grande perigo à baliza de Mouriscas quando apareceu sozinho no centro da área a cabecear. No entanto o cabeceamento passou por cima da trave, para desilusão dos adeptos de Vale de Cavalos que se deslocaram desde a freguesia do concelho da Chamusca até Mouriscas, no concelho de Abrantes.

Já tendo dado vários avisos, aos 60 minutos de jogo a Sociedade Recreativa Valcavalense conseguiu mesmo reduzir o marcador. Afonso Antunes, recebendo a bola perto da entrada da área, correu com ela para o lado direito à procura de uma abertura para poder disparar, mas quando conseguiu ensaiar o remate o pontapé saiu fraco. Aproveitou André Costa que, acabando por receber este remate-passe, chutou por sua vez, não dando tempo a Anselmo para conseguir parar a bola. Estava o jogo animado e o Vale de Cavalos procurava o empate que lhe podia valer o apuramento direto.

Vale de Cavalos teve de correr atrás do prejuízo. Foto: mediotejo.net

Pouco depois foi João Cordeiro a tentar a sua sorte mas o remate saiu à figura do guarda-redes de Mouriscas que defendeu facilmente. A equipa da casa respondeu então por João Gonçalves que rematou com a bola a passar ao lado da baliza.

Aos 70 minutos a equipa visitante esteve muito perto de conseguir empatar a partida, mas o cabeceamento que se seguiu a um cruzamento do lado esquerdo esbarrou em cheio na barra para desespero dos adeptos do Vale de Cavalos que não se cansaram de incentivar a sua equipa.

Cinco minutos depois, um remate da equipa de Vale de Cavalos que fazia prever uma defesa sem complicações bateu no chão, à frente do guarda-redes, dificultando as contas de Anselmo, que afastou para canto. Vale de Cavalos teve ainda nova oportunidade, quando uma bola ressaltou dentro da área, mas o cabeceamento que se lhe seguiu passou por cima da barra.

A equipa de Vale de Cavalos já não conseguiu dar a volta ao resultado frente a uma equipa de Mouriscas que soube sofrer mas também mostrar fair play. Foto: mediotejo.net

A equipa visitante correu atrás do prejuízo, mas já não conseguiu melhorar o resultado frente a uma equipa de Mouriscas que soube sofrer e defender o seu resultado mas mostrando fair play, ao querer sempre disputar o jogo sem tentar “queimar tempo”. A arbitragem da equipa de André Gralha decorreu também sem problemas.

Após terminar o jogo, tanto os jogadores como os adeptos mourisquenses esperavam saber o resultado final do jogo que se disputava no Carvoeiro, entre esta equipa e a de Alvega. Após estarem empatados a uma e a duas bolas, a equipa de Alvega acabou por vencer por 2-3, pelo que celebração da passagem à próxima fase coube à equipa de Mouriscas e à sua massa associativa.

Ficha do Jogo:

CASA DO POVO DE MOURISCAS 

Anselmo Pedro, João Gonçalves, Renato Dias, David Santos, Fábio Gonçalves, Daniel Matos, Diogo Antunes, Mauro Santos, Diogo Marques, Daniel Rodrigues, Fernando Lopes, Rafael Lopes
Suplentes: André Marques, Rui Rodrigues, Marco Rodrigues, Bruno Quinas
Treinador: Nélson Matos

CP Mouriscas. Foto: mediotejo.net

Ficha do Jogo:

SOCIEDADE RECREATIVA VALE CAVALENSE

David Gonçalves, António Jesus, Telmo Agostinho, João Cordeiro, Paulo Custódio, Talison Costa, Tiago Godinho, João Melo, Afonso Silva, Marco Santos, João Soares
Suplentes: Nuno Rosa, André Costa, Afonso Antunes
Treinador: Ivo Custódio

SR Vale de Cavalos. Foto: mediotejo.net

GOLOS: Daniel Rodrigues [1], Fernando Lopes [1] (Mouriscas); André Costa [1] (Vale de Cavalos)

EQUIPA DE ARBITRAGEM: André Gralha, Freitas da Silva, José Vieira

Equipa de Arbitragem, Freitas da Silva, André Gralha, José Vieira. Foto: mediotejo.net

Como habitualmente fomos escutar os responsáveis técnicos de ambas as equipas:

NÉLSON MATOS (Mouriscas)

IVO CUSTÓDIO (Vale de Cavalos)

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo. Ávido leitor, não dispensa no entanto um bom filme e um bom serão na companhia dos amigos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.