Depois da saída do treinador Jorge Peralta, o Moçarriense recebia em casa uma equipa que está noutro patamar, mas a jogar em sua casa e mesmo com o União de Tomar a chamar a si as despesas do jogo, o Mocarriense foi sempre espreitando o contra ataque tendo sido mesmo a primeira equipa a criar perigo num lance de bola parada por Valter Xaparro, que cabeceou por cima da barra.

Foi o mote para Diogo Pereira de seguida, em duas jogadas, primeiro enviar a bola ao poste e depois obrigar o guarda redes Fábio Silva a defesa apertada.

O U. Tomar continuava a ser mais equilibrado. Fazia tudo bem mas não conseguia entrar na área do conjunto da casa, nem que para isso os defesas do Mocarriense tivessem que recorrer à falta, acabando mesmo por cometer uma grande penalidade a meio da primeira parte.

Do lance resultou o golo do União de Tomar, obtido por Luís Pedro, e o resultado ao intervalo.

 

Na segunda parte, tal como aconteceu no jogo da Taça, em Mação, a equipa de Tomar não soube aproveitar a vantagem conseguida e marcar mais golos e acabar com as esperanças da equipa da casa, que entrou mais forte e mais determinada em conseguir o empate.

E foi o que conseguiu ainda dentro do primeiro quarto de hora do segundo tempo, por intermédio de João Antunes, aos 58 minutos.

A partir daí o jogo nunca mais foi o mesmo, pois o Mocarriense ficou muito motivado e a partida ficou dividida com qualquer uma das equipas à procura do golo da vitória que podia ter surgido para qualquer um dos lados, por isso o empate aceita-se.

Trabalho regular do árbitro Manuel João Mendes é seus pares.

Árbitro: Manuel João Mendes

Assistentes: Nelson Andrade e, André Cordeiro

MOÇARRIENSE:

Diogo Jesus , Barroca, (Rodrigo Matias ) Tiago Martinho (cap), Rui Dias, Carlos Santos, Leonardo, André Silva, Zibaia, Duarte (João Antunes), Diogo Pereira (Atela) Valter Xaparro(Sérgio Laranjeira)

Suplentes não utilizados , Bernardo, Sandro, Faustino.

Treinador: Carlos Carreira

UNIÃO DE TOMAR:

Fábio Silva, Rui Silva, Fábio Vieira, Diogo Gaspar (Araújo) Espadinha (David Vieira) Douglas (Ricardinho), Nuno Rodrigues cap., Telmo Ferreira (Chris Pedroso ), Wemerson (Rui Pedro), Luís Alves, Luís Rito.

Suplentes não utilizados, João Pedro, Filipe Cotovio.

Treinador: Lino Freitas

Golos: Luís Pedro (38′) e João Antunes (58′).

*Jorge Duarte/parceria Rádio Hertz

Jorge Duarte

Irreverente, frontal e critico. Nasceu em Abrantes no melhor ano do
século passado: 1969, ano em que o Homem foi à Lua. Nos tempos de liceu queria ser jornalista, tendo optado por essa área, onde pela mão do Prof. Alcino Serras deu os primeiros passos na profissão, tendo começado mais a sério na Radio Antena Livre, no final da década de 80. Desde essa altura, o 'bichinho' ficou, tendo colaborado com várias rádios e jornais. Gosta de colecionar amigos e de se dar bem com toda a gente (mesmo sabendo que isso não é possível).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *