TRAMAGAL SPORT UNIÃO   1   –  C.D.R. ALFERRAREDE “OS DRAGÕES”   3

Campeonato Distrital da 2ª Divisão – Série A
Campo Comendador Eduardo Duarte Ferreira
Tramagal
12-03-2017

Equipas saudam o público presente no Comendador. Foto: mediotejo.net

Numa tarde fria, com algumas nuvens, o fortíssimo vento que se fez sentir veio contribuir para que o derby do concelho de Abrantes não fosse bem jogado. Desde a escolha dos campos que se sabia da importância que este elemento poderia vir a ter na partida.

“Os Dragões” foram a equipa que mais rápidamente se adaptou, com o vento pela cara, começando a chegar com perigo à baliza de Peixoto. Aos 11 minutos Matos entra na área tramagalense, livre de marcação, e, só com Peixoto pela frente, rematou forte para excelente defesa para canto. Estava dado o aviso…

Entreajuda na muralha defensiva azul e branca. Foto: mediotejo.net

O Tramagal, coeso em tarefas defensivas, tentava os lançamentos longos para as alas mas a bola corria muito e a maior parte dos lance acabavam na linha de fundo.

A equipa de Alferrarede porfiava nas tentativas de romper a muralha defensiva dos da casa e aos 32 minutos Witsel culmina uma jogada de envolvimento com um golo de belo efeito.

Os azuis e brancos não desistiam de espreitar uma oportunidade e aos 41 minutos ganham canto. Monteirinho, chamado a marcar, bate forte ao primeiro poste, com bastante efeito. Ajudado pelo vento, fez um bonito golo de canto direto.

Vento traiu Valegas e Monteirinho marca de canto direto. Foto: mediotejo.net

Estávamos a chegar ao intervalo com aceitável empate, apesar do maior acerto da equipa de Alferrarede.

As equipas regressaram ao pelado do Comendador, com algumas mexidas, disposta a resolver a contenda a seu favor. Com o Tramagal agora contra o vento, e a revelar maior acerto na partida, o jogo começou a ter algum equilíbrio, com oportunidades repartidas.

Mas o sinal mais estava do lado dos verde-brancos e após uma defesa enorme de Peixoto, por instinto, na sequência de um canto, marcariam de novo por Condeixa, a dar o toque final numa jogada confusa na área metalúrgica ao minuto 76.

Corria o TSU atrás do prejuízo, com boas iniciativas, rápidamente desfeitas pelos visitantes que espreitavam o golo da tranquilidade.

Assistiu-se a bons duelos no meio campo. Foto: mediotejo.net

Com o tempo a esgotar-se, Rui Pinheiro, este domingo a capitanear o histórico emblema da borboleta, dispara uma boa cabeçada que não resultou em golo.

Na resposta, já em tempo de compensação, jogada rápida do Alferrarede com Flávio Amorim a encostar para o terceiro da sua equipa. Reclamaram os da casa suposto fora de jogo mas Tiago Martinho e o auxiliar a não atenderem e a validar o lance.

E assim se chegou ao fim deste derby marcado pelo vento e pó, nem sempre bem jogado.

Terá sido a despedida do velhinho pelado do Comendador onde se escreveram tantas páginas de ouro da agremiação Tramagalense.

Com o vento a soprar forte bolas paradas foram opção. Foto: mediotejo.net

Vitória justa de “Os Dragões”, por números exagerados  penalizadores para o labor do Tramagal.

Boa arbitragem, num jogo com muitos contactos, por vezes de difícil avaliação.
A amostragem da cartolina amarela evitou males maiores. Ficam dúvidas na posição de Flávio Amorim no terceiro golo do Alferrarede.

FICHA DO JOGO

TRAMAGAL SPORT UNIÃO:
João Peixoto, João Heitor, Barata, Monteirinho, Alex, Edgar (Bernardo), Rui Pinheiro, Matias, Henrique Pinheiro (David Oliveira), Félix e Pedro Bráz (Franquelim).
Suplentes: Bernardo, David Oliveira, Zé Andrade, João Luz e Franquelim.
Treinador: Luis Lopes

Tramagal Sport União. Foto: mediotejo.net

C.D.R. ALFERRAREDE “OS DRAGÕES”:
Valegas, Condeixa, Bruno Alves, Witsel, André Marques, Fábio Gomes (David Mata), Ricardo Falcão, Pedro Barralé (Flávio Amorim), Nuno Josué (Luis Loureiro), Tiago Matos e Pedro Alves (Dougas Silva).
Suplentes: João Ferreira, Douglas Silva, David Mata, Filipe Marta, Flávio Amorim, Luis Loureiro e Renato Silva.
Treinador: Nuno Mateus

Dragões de Alferrarede. Foto: mediotejo.net

Equipa de arbitragem: Tiago Martinho, Diogo Martinho e João Faria.
Acção disciplinar:
Cartão amarelo: João Heitor (TSU), Pedro Barralé e Pedro Alves (Alf)
A Opinião dos treinadores:

Luis Lopes, técnico do TSU. Foto: mediotejo.net
Nuno Mateus, treinador do Alferrarede. Foto: mediotejo.net

Jorge Santiago

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *