Incêndio em Leiria. Fotografia: Agência Lusa

Ao princípio da noite desta quarta-feira, 13 de julho, uma densa nuvem de fumo paira sobre vários concelhos da região do Médio Tejo, levando muitos habitantes a temer que existissem incêndios nos seus concelhos. Mas às 22h00 não havia qualquer novo foco no distrito de Santarém, tendo o mediotejo.net confirmado que se trata de fumo proveniente dos incêndios que têm assolado Ourém (com duas pequenas ocorrências ativas esta noite, em Fátima e Nossa Senhora das Misericórdias), e que prosseguem em força na região de Leiria – uma mancha densa e escura que se estende já por mais de 100km, bem para lá de Abrantes e Ferreira do Zêzere.

Nalguns locais parece uma espécie de nevoeiro, noutros um manto de nuvens escuras, mas o intenso cheiro a queimado não deixa margem para dúvidas.

Os focos de incêndio em Portugal eram bem visíveis do espaço às 21h45, como se pode confirmar nesta imagem de satélite.

Patrícia Fonseca

Sou diretora do jornal mediotejo.net e da revista Ponto, e diretora editorial da Médio Tejo Edições / Origami Livros. Sou jornalista profissional desde 1995 e tenho a felicidade de ter corrido mundo a fazer o que mais gosto, testemunhando momentos cruciais da história mundial. Fui grande-repórter da revista Visão e algumas da reportagens que escrevi foram premiadas a nível nacional e internacional. Mas a maior recompensa desta profissão será sempre a promessa contida em cada texto: a possibilidade de questionar, inquietar, surpreender, emocionar e, quem sabe, fazer a diferença. Cresci no Tramagal, terra onde aprendi as primeiras letras e os valores da fraternidade e da liberdade. Mantenho-me apaixonada pelo processo de descoberta, investigação e escrita de uma boa história. Gosto de plantar árvores e flores, sou mãe a dobrar e escrevi quatro livros.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.