Fotografia: Arlindo Homem

No ano passado celebraram-se os 20 anos da Via-Sacra no Castelo de Ourém e, embora se discutisse a necessidade de “redesenhar” a tradição e a forma como a Sexta-Feira Santa era assinalada, ninguém poderia então imaginar que em 2020 a grande celebração que atraía milhares de pessoas à vila medieval iria ser suspensa. Este ano, as ruas estiveram desertas e o ator António Gonçalves não encarnou a pele de Jesus Cristo. Ficam as memórias de outros dias de celebração, pela lente do fotógrafo Arlindo Homem.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.