Estrada Nacional 2 assinala 77 anos a ligar 35 municípios de norte a sul do país. Foto: DR

A Estrada Nacional (EN) 2, que liga o Norte e o Sul de Portugal, está cortada ao trânsito na zona de Vila de Rei, distrito de Castelo Branco, devido ao incêndio que ali lavra desde as 20:30 de domingo.

Fonte da GNR disse à agência Lusa, cerca das 15:30, que a EN2 está “cortada à circulação rodoviária no sentido Vila de Rei – Abrantes” [já no distrito de Santarém], e que, no outro sentido o trânsito está “condicionado e a ser desviado para um caminho alternativo”, e que passará por Chão de Codes, Chão de Lopes e Amêndoa, localidades do concelho de Mação.

Segundo a mesma fonte, cortada à circulação está também a Estrada Nacional (EN) 251, que liga Cabaços (Tomar) a Ferreira do Zêzere, uma via que liga a EN 110 a Ferreira do Zêzere, e que é paralela à A13.

Os incêndios que, pelas 15:50, concentravam maior número de meios eram os de Vila de Rei (Castelo Branco), na Zaboeira, com 396 operacionais, 123 veículos e 10 meios aéreos, e de Coimbra, nas Carvalhosas, com 351 operacionais, 103 viaturas e três aeronaves, de acordo com o ‘site’ da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC).

No distrito de Santarém, em Ferreira do Zêzere, na Senhora da Orada, as chamas que lavram desde sábado num povoamento florestal estavam a ser combatidas por 202 operacionais, 65 veículos e dois meios aéreos, enquanto o sinistro de Abrantes, na localidade de Fontes, mobilizava 189 efetivos, 56 viaturas e duas aeronaves.

Agência Lusa

Agência de Notícias de Portugal

Entre na conversa

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.