Espetáculo de fogo de artifício brinda à chegada do Ano Novo na Chamusca. Foto: DR

Para assinalar a passagem de ano de 2022 para 2023, a Câmara da Chamusca vai proporcionar um espetáculo de fogo de artifício para brindar à chegada do Ano Novo. O espetáculo pirotécnico tem lugar a partir da ermida de Nossa Senhora do Pranto e poderá ser apreciado na vila e arredores.

A previsão de chuva e vento forte levou as autarquias de Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Santo Tirso e Amarante, no distrito do Porto, e de Chaves, em Vila Real, a cancelarem os festejos de fim de ano. O agravamento das condições meteorológicas afeta principalmente os distritos a norte do país.

 Também na passagem de ano, domingo, o IPMA colocou os restantes distritos do continente sob aviso amarelo, o menos grave de uma escala de três, devido à agitação marítima, chuva persistente e vento forte.

Face às previsões meteorológicos e às informações sobre as bacias hidrográficas, a Proteção Civil avisa a população para a possibilidade de inundações em zonas urbanas, de cheias, deslizamentos, derrocadas, arrastamento para as vias rodoviárias de objetos soltos devido aos episódios de vento forte e piso rodoviário escorregadio e formação de lençóis de água.

A ANEPC recomenda ainda à população a tomada das necessárias medidas de prevenção, nomeadamente a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de objetos que possam ser arrastados, não se expor às zonas afetadas pelas cheias, garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estar atento para a possibilidade de queda de ramos e árvores devido ao vento mais forte, adotar uma condução defensiva e não atravessar zonas inundadas, bem como não praticar atividades relacionadas com o mar.

c/LUSA

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *