Solaris abriu o Festival Jazz de Tomar 2022. Foto: Luís Carmo

A Associação JazzWithin promove até domingo o Festival Tomar Jazz 2022, iniciativa que conta com diversos momentos culturais, desde concertos a conversas, de jam sessions a masterclasses. O festival arrancou com um concerto do projeto Solaris. A entrada é gratuita e, entre outros, atuam no Cineteatro Paraíso e na Praça da República os projetos musicais de Kyle Green Quintet, Jéssica Pina, Joaquim Roberto e Tagus Big Band.

A Jazz Within é uma Associação artística e cultural criada com o objetivo de promover, preservar e apoiar o desenvolvimento do Jazz como uma forma de arte e contribuir para o desenvolvimento económico, social, artístico, cultural da comunidade de Tomar e da região do Médio Tejo, e é nesta senda que organiza este festival, em conjunto com o município de Tomar, e com o financiamento da Rede Teatros e Cineteatros Portugueses / Direção-Geral das Artes / República Portuguesa.

PROGRAMA COMPLETO:

Quinta-feira, 23 junho
14h00, Cine-Teatro Paraíso – Masterclass com Ricardo Formoso (inscrições: cultura@cm-tomar.pt)
19h00, Cine-Teatro Paraíso – À conversa sobre Jazz
21h30, Cine-Teatro Paraíso – Solaris

Sexta-feira, 24 junho
18h30, Cine-Teatro Paraíso (exterior) – Joaquim Roberto
21h30, Cine-Teatro Paraíso – Programa Porta-Jazz: Do Acaso

Sábado, 25 junho
10h00, Cine-Teatro Paraíso – Discover Jazz para crianças
15h00, Cine-Teatro Paraíso (exterior) – Tagus “Small” Band
18h00, Praça da República – Jéssica Pina
22h00, Praça da República – Kyle Green quintet
23h00, Praça da República – Jam Session

Domingo, 26 junho
18h00, Praça da República – Tagus Big Band

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Entre na conversa

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.