Festival da Paisagem decorre no Geopark Naturtejo até 05 de junho. Foto: DR

O Geopark Naturtejo promove de sexta-feira e até 05 de junho o Festival da Paisagem, iniciativa que inclui a realização de 25 eventos científicos e de arte nos sete concelhos que o integram. O território Geopark Naturtejo organiza, uma vez mais, o Festival da Paisagem, integrado na Semana Europeia de Geoparques, que decorre em 94 territórios UNESCO de 28 países.

“São centenas de atividades que celebram as paisagens naturais e humanas mais encantadoras reconhecidas pela UNESCO e que potenciam um desenvolvimento humano mais sustentável”, referiu, em comunicado, o Geopark Naturtejo.

No Geopark Naturtejo, são 25 eventos, entre conferências e visitas de partilha de conhecimento, mercados sustentáveis, atividades para os mais jovens e percursos na natureza.

O Festival da Paisagem inicia esta sexta-feira, em Oleiros, com um projeto de intervenção artística para a comunidade, que alia arte, ciência e ambiente.

Neste primeiro dia arranca também uma ação de formação para professores de Biologia e Geologia que se estenderá pelo Geopark Naturtejo por dois dias.

Durante o fim de semana decorre o Festival da Cereja e do Limão de Montes da Senhora, em Proença-a-Nova, com um passeio pedestre.

No sábado, a praia fluvial de Cambas (Oleiros) recebe o Mercado do Xisto, com produtos locais, e decorre uma visita encenada pela vila de Oleiros.

A partir de Idanha-a-Nova decorre a conferência ‘online’ sobre sono infantil.

Já no domingo, o Centro Ciência Viva da Floresta (CCVF) de Proença-a-Nova recebe mais uma edição do ‘BioDivSummit’, este ano dedicado à biodiversidade na era da transição digital e climática.

A segunda semana do festival começa com teatro no Centro Cultural Raiano, em Idanha-a-Nova.

No dia 25 celebra-se o Dia de África na vila de Idanha-a-Nova e realiza-se uma caminhada noturna em Oleiros.

No mesmo dia e até ao final da semana decorre o Encontro de Geoparques UNESCO de Portugal, com a participação do Geopark Naturtejo, em Arouca.

No último fim de semana de maio é organizado a já clássica GeoRota do Orvalho e mais uma edição do Mercado da biorregião em Idanha-a-Nova.

Já Penamacor realiza um ‘workshop’ promovido no âmbito da parceria da Carta Europeia de Turismo Sustentável – Terras de Lince.

A última semana do Festival da Paisagem é dedicada à criança e às gerações futuras.

O Dia da Criança é celebrado com o Mercadinho Saudável em Castelo Branco e, neste mesmo dia, os Geoparques UNESCO em Portugal dão início ao Biénio para a Ação Climática nos Geoparques Portugueses.

Em Oleiros, a semana é dedicada à música, incluindo uma exposição na Galeria Municipal, o Festival de Música Infantil de Oleiros e o projeto “Mão Verde” a celebrar o Dia Mundial do Ambiente.

Em Idanha-a-Nova alargam-se as comemorações do Dia da Criança com teatro, os Encontros Ibéricos para a infância a decorrerem no dia 4 de junho e o concerto “Kids Live” a fechar o Festival da Paisagem.

Durante o período do festival está patente ao público a exposição “A Natureza em Movimento” no Museu Municipal de Penamacor.

O Geopark Naturtejo da Meseta Meridional, que integra a rede mundial da UNESCO, inclui os concelhos de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Nisa, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão.

Agência Lusa

Agência de Notícias de Portugal

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.