(E-D) António Mendes, presidente da Assembleia Municipal de Constância, e Sérgio Oliveira, presidente da Câmara Municipal, na volta pelas ruas floridas da vila. Imagem: Ricardo Escada

Uma festa “que é de todos “ e que representa “um farol de esperança”, para ser vivida em união e “com alegria”. Palavras do presidente da Câmara Municipal de Constância na inauguração oficial das Festas do Concelho e da Nossa Senhora da Boa Viagem este sábado, 16 de abril, um dia depois de terem arrancado.

“Estas festas devem ser vividas com sentimento de alegria e orgulho na nossa terra e nas nossas populações. É um momento de união entre todos. As Festas de Constância 2022 constituem um farol de esperança e da confiança do regresso à normalidade das nossas vidas.(…) É pois com emoção redobrada e com sentido de responsabilidade e de missão que em nome do povo do nosso concelho, declaro oficialmente abertas as Festas do Concelho / Festa de Nossa Senhora da Boa Viagem 2022!”, exclamou Sérgio Oliveira, presidente da Câmara Municipal de Constância, no momento de inauguração das Festas do Concelho 2022.

Um dia após o seu real início, na sexta-feira santa (um dia extra de festa acrescentado este ano pelo Município), foi perante uma plateia repleta de entidades sociais, económicas e políticas do concelho e da região que, no coração da vila, a Praça Alexandre Herculano, o autarca fez o seu discurso oficial de abertura desta festa bicentenária.

Das incertezas sobre a realização da edição 2022 ao papel fulcral que as mesmas assumem para a vida económica e social do concelho, sem esquecer o encontro de gerações e amigos que aqui acontece, Sérgio Oliveira destacou no seu discurso a história e vivência desta festa bicentenária, mas começou de forma diferente: com palavras de solidariedade para com o povo ucraniano.

A Praça Alexandre Herculano, no centro histórico da vila, recebeu a inauguração das Festas do Concelho 2022. Imagem: Ricardo Escada

“Quando pensávamos que a pandemia estava ultrapassada e que os piores anos das nossas vidas estavam lá atrás, eis que surge um conflito armado na Europa (…) um país soberano e democrático foi invadido por outro. (…) Esta guerra trará consequências económicas e sociais imprevisíveis, as dificuldades continuam aí. Neste dia em que ao fim de dois anos muito difíceis, temos de volta as nossas festas, as minhas primeiras palavras são de solidariedade e de um grande abraço fraterno ao povo ucraniano”, disse o autarca.

Perante uma tarde de sol primaveril que aquece a vila, as Festas do Concelho são hoje uma realidade concretizada, não obstante “as dúvidas se seria já este ano que teríamos condições para realizar as festas”. “No entanto, nós enquanto comunidade e dentro das dificuldades ou incertezas, temos de seguir com as nossas vidas, não nos podemos absorver pelo medo ou, pior do que o medo, pela falta de coragem”, afirmou Sérgio Oliveira.

Recordando os diferentes momentos pelos quais já passou esta festa bicentenária, o autarca assumiu que foi possível manter ao longo de mais de dois séculos a sua “matriz histórica” sem nunca perder a sua essência, intimamente ligada aos rios.

“A reafirmação do nosso passado marítimo e a afirmação da importância dos rios quer do ponto de vista turístico, económico, social e ambiental continua nos nossos dias”, disse.

Sérgio Oliveira, presidente da Câmara Municipal de Constância, durante o discurso oficial de inauguração das festas. Imagem: Ricardo Escada

“Umas festas ricas na sua história, através da procissão em honra à Nossa Senhora da Boa Viagem e à bênção dos barcos, da tarde de folclore, mas também através das tasquinhas, das ruas floridas, do espaço jovem, da mostra de artesanato e doçaria, do Grande Prémio de Atletismo e dos diversos espaços culturais que integram o programa”, acrescentou Sérgio Oliveira.

Pela primeira vez com quatro dias de festa e novos espaços (como um espaço dedicado às crianças), o edil destacou que estas é uma “festa de todos” e feita por todos, em que o papel de todas as forças vivas do concelho é primordial para o sucesso do evento.

“Umas festas que têm uma característica muito própria: a Câmara Municipal apenas constrói a arquitetura das mesmas, envolvendo todas as forças vivas do concelho: associações e coletividades, Bombeiros Voluntários, Guarda Nacional Republicana, instituições militares, Santa Casa da Misericórdia, a Paróquia, o Agrupamento de Escolas, as populações, o comércio local e o tecido empresarial. São pois umas festas da nossa terra e do nosso povo. Esta marca do envolvimento de todos é algo que nos deve deixar orgulhosos!”, declarou.

Pormenor da decoração no Pelourinho de Constância. Imagem: Ricardo Escada

Do envolvimento na concretização das festas aos momentos de reencontro e convívio entre amigos e gerações que “tiveram que sair da nossa terra mas que no fim de semana da Páscoa regressam à terra-mãe”, a importância das festas para a vida económica do concelho não foi esquecida no discurso do autarca constanciense.

“As nossas festas assumem um papel fulcral do ponto de vista cultural e da promoção do nosso concelho. Mas também do ponto de vista económico para o comércio, hotelaria, restauração, cafetaria e para as nossas associações e coletividades. É aqui que a maioria das associações e coletividades retira as receitas para poder desenvolver as suas atividades ao longo do ano. Temos muito orgulho pelo trabalho voluntário que desenvolvem ao serviço da comunidade”, concluiu o autarca.

Após a inauguração oficial das Festas do Concelho de Constância e Festa de Nossa Senhora da Boa Viagem, decorreu uma visita pelas ruas floridas, e pelas tasquinhas e stands de artesanato e doçaria presentes no certame, com o presidente da Câmara Municipal a cumprimentar todos aqueles que ao longo de quatro dias contribuem para que a festa este ano seja uma realidade.

Este sábado, 16 de abril, o programa das Festas do Concelho de Constância e Festa de Nossa Senhora da Boa Viagem conta com as atuações de Fernando Daniel (pelas 22h00) e d’Os Red (pelas 23h30).

Pode consultar o programa completo para os dias 17 e 18 de seguida:

17 DE ABRIL – DOMINGO

  • 14h00 às 19h00 – Espaço Infantil (na antiga Torre, zona ribeirinha) com insufláveis; Projeto “A(Má-la) com História” (Biblioteca Municipal Alexandre O’Neill)
  • 15h00 – Mostra Nacional de Artesanato e Mostra de Doces e Sabores (Parque de Merendas)
  • 15h00 às 04h00 – Espaço Jovem dinamizado por coletividades (Zona Ribeirinha)
  • 16h00 – Tarde de Folclore (Palco Camões) com: Rancho Folclórico “Os Camponeses” de Malpique – Constância; Rancho Folclórico da Alegria do Alqueidão de Santo Amaro -Ferreira do Zêzere; Rancho Folclórico e Etnográfico de Casais de Revelhos – Abrantes
  • 22h30 – Concerto P*ta da Loucura (Palco Pelourinho)

18 DE ABRIL – SEGUNDA-FEIRA / FERIADO MUNICIPAL

  • 11h00 – Içar das Bandeiras, Guarda de Honra pelos Bombeiros Voluntários de Constância e presença da Banda da Associação Filarmónica Montalvense 24 de Janeiro (Paços do Concelho)
  • 11h15 – Sessão Solene Evocativa do Feriado Municipal (Salão Nobre dos Paços do Concelho) com cerimónia de distinção dos funcionários do Município com 10, 20, 30 e 40 anos de serviço
  • 13h00 – Chegada das embarcações engalanadas (Cais de Constância) com a presença da Banda da Associação Filarmónica Montalvense 24 de Janeiro
  • 15h00 – Mostra Nacional de Artesanato e Mostra de Doces e Sabores (Parque de Merendas)
  • 15h00 às 02h00 – Espaço Jovem dinamizado por coletividades (Zona Ribeirinha)
  • 15h30 – Cerimónias Religiosas: Eucaristia Solene em honra de Nossa Senhora da Boa Viagem; Bênção dos barcos nos rios Tejo e Zêzere e bênção das viaturas na Praça Alexandre Herculano
  • 22h00 – Concerto Ana Laíns (Palco Camões)
  • 24h00 – Espetáculo Piromusical e Encerramento das Festas (margem ribeirinha) com a presença do Carrilhão Lvsitanvs

Ana Rita Cristóvão

Abrantina com uma costela maçaense, rumou a Lisboa para se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.