Jacinto Lopes, presidente CM Ferreira do Zêzere. Foto: mediotejo.net

Na última reunião da Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere, realizada esta sexta-feira, dia 24 de setembro, por videoconferência, o presidente em exercício, Jacinto Lopes (PSD), deixou um desafio para o próximo executivo que é a construção de uma Loja do Cidadão no antigo edifício da tesouraria.

O assunto surgiu através de uma informação da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo a dar conta de que estão abertas as candidaturas para financiamento (até ao limite máximo de 900 mil euros) à abertura de novas Lojas do Cidadão.

O autarca, que se despede ao fim de 28 anos de vida autárquica, primeiro como vereador e nos últimos 12 anos como presidente de Câmara, defende que o novo espaço deveria ser instalado na antiga tesouraria, um edifício do Estado mas que poderia ser adquirido ou arrendado para o efeito.

ÁUDIO | JACINTO LOPES, PRESIDENTE CM FERREIRA DO ZÊZERE:

Nele seriam instalados os serviços de Finanças, a tesouraria, a Segurança Social, a Tejo Ambiente e todos os serviços que já funcionam no Espaço do Cidadão. “Penso que já dava uma loja do cidadão com alguma dimensão”, considera Jacinto Lopes.

“Seria interessante”, anuiu o vice-presidente, Paulo Neves, que também já visitou o espaço.

O assunto destinava-se apenas para conhecimento dos eleitos, mas serviu como desafio lançado a quem ganhar as eleições autárquicas “se assim o entender”.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.