Quartel da GNR de Ferreira do Zêzere. Foto: mediotejo.net

A Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere vai enviar um ofício ao Comando-Geral da Guarda Nacional Republicana, com conhecimento ao Ministério da Administração Interna, dando conta da sua preocupação face à falta de efetivos no quartel da GNR da vila.

Segundo os relatos partilhados durante a reunião do Executivo, há ocasiões em que só está um militar no posto e chega a haver situações em que, quando há uma ocorrência, os militares têm de fechar o quartel para ir para o terreno.

O posto da GNR de Ferreira do Zêzere está integrado no Destacamento Territorial de Tomar, onde se verifica o mesmo problema da falta de efetivos.

A decisão foi tomada na reunião de Câmara do dia 25 e mereceu a unanimidade na aprovação.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.