A sessão de esclarecimento decorreu online. Foto: DR

O Webinar para empresários do concelho, de Ferreira do Zêzere organizado pelo município no dia 23 de fevereiro e dedicado à abertura do Programa de Apoio à Produção Nacional, registou uma assinalável participação de 40 inscrições, número que surpreendeu a autarquia e a CIMT.

A iniciativa de esclarecimento online contou com a colaboração com a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo estando presente o secretário executivo Miguel Pombeiro e Sónia Santos, especialista em fundos comunitários, que fizeram a apresentação do programa. A autarquia esteve representada pelo Vice-Presidente Paulo Neves e Vereador Hélio Antunes que fizeram a moderação da sessão.

O programa de Apoio à Produção Nacional tem como objetivo apoiar diretamente o investimento empresarial, com enfoque no setor industrial e no sector do turismo, para empresas já existentes. O programa é dirigido a micro e pequenas empresas do território da CIM do Médio Tejo, onde se insere o concelho de Ferreira do Zêzere. São elegíveis, as operações inseridas na CAE REV 3: Indústrias extrativas (CAE 05 a 09); Indústrias transformadoras (CAE 10 a 33); Turismo: Estabelecimentos hoteleiros (CAE 551); Turismo no espaço rural (CAE 55202); Parques de campismo e de caravanismo (55300); Restauração (561); e Organização de atividades de animação turística (93293).

Trata-se de um apoio que, no caso de Ferreira do Zêzere, vai desde os 40% de fundo perdido até 60%. As empresas têm de assumir o compromisso de manter os postos de trabalho, não havendo a exigência da criação de novos postos. No mínimo, a empresa terá de ter um funcionário afeto aos quadros da empresa. São consideradas candidaturas com uma despesa elegível entre os 20 mil e os 235 mil euros.

A sessão de esclarecimentos teve como objetivo, numa primeira parte, a explicação do aviso de concurso, dos vários pontos a ter em consideração e numa segunda parte, contou com um momento para esclarecimento de dúvidas.

Na tarde do mesmo dia decorreu também uma sessão, dedicada à criação de Lojas online, resultado de uma parceria entre o município de Ferreira do Zêzere e os CTT. Garantem os promotores que as condições são muito vantajosas e visam “apoiar os produtores e os comerciantes da região na rápida adoção de novos canais de comércio eletrónico e no acelerar da digitalização dos seus negócios, aproximando os mesmos dos respetivos clientes, possibilitando ao mesmo tempo alcançar novos mercados, o que em tempo de pandemia, pode fazer toda a diferença”.

Os interessados em obter mais esclarecimentos acerca dos programas referidos, podem pedir informações para empreededorismo@cm-ferreiradozezere.pt .

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.