Foto: DR

O Exercício BELEROFONTE 191, da Brigada de Reação Rápida (BrigRR), vai realizar-se entre os dias 18 e 22 de março nos concelhos de Chamusca, Constância e Vila Nova da Barquinha. Cerca de 400 militares participam no cenário que recria uma situação de tensão social e crise humanitária com o objetivo de treinar, avaliar e certificar a Componente Terrestre da Força de Reação Imediata (CT/FRI).

A BrigRR, sediada na área militar de Tancos (Vila Nova da Barquinha), é a entidade responsável por assegurar, dirigir e enquadrar o emprego das forças participantes da CT/FRI nas atividades de planeamento, coordenação, controlo e execução. Estão previstos saltos em paraquedas na zona de lançamento do Arripiado, assim como movimentos com viaturas táticas e pessoal militar apeado, armado e equipado.

A CT/FRI é constituída por uma força de escalão Batalhão que integra as seguintes valências do Exército: Estado-Maior, Companhia de Paraquedistas, Esquadrão de Reconhecimento, Destacamento de Engenharia, Companhia de Comando e Serviços, Companhia de Reabastecimento e Serviços e Pelotão de Polícia do Exército.

Segundo a nota de imprensa enviada para as redações, o exercício visa “uma possível projeção para um Teatro de Operações (TO) de ambiente imprevisível e de alta intensidade, dentro do Espaço Estratégico de Interesse Nacional (EEIN), no âmbito de uma operação de extração e reforço de contingentes e Forças Nacionais Destacadas (FND)”.

A mesma acrescenta o “cuidado especial com o impacto do ruído e transtorno por ele causados às populações nas áreas de operações” uma vez que as missões do Exercício BELEROFONTE 191 se realizam em horário diurno e, com menor incidência, noturno.

Sónia Leitão

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.