Graffiti de Banksy (Rage, Flower Thrower) adaptado pelo ilustrador Alex Gozblau

Liberdade.

A liberdade tem o mundo dentro de si. Liberdade é direito, é vontade, é independência e autonomia. É poder expressar o que nos vai no pensamento, é poder escolher aquilo que somos e aquilo que queremos fazer ou não fazer (já dizia Fernando Pessoa: “Ai que prazer / Não cumprir um dever”).

Liberdade é dizer que sim mas é também poder dizer que não. Liberdade é braços abertos, é correr, é brincar. É sorrir mas também chorar. É sair, sentar num banco de jardim e ficar em silêncio a apreciar a paisagem. É soltar gargalhadas bem alto à mesa com amigos. Liberdade é uma lista sem fim de momentos, sensações e emoções.

É uma palavra livre na sua essência e para cada um de nós tem um significado próprio. Por isso mesmo, neste 25 de abril, e depois de um ano de pandemia, o mediotejo.net foi ouvir alguns jovens da região. De diferentes concelhos, de diversas idades, mas todos com algo em comum: a vontade de viver em liberdade.

Ana Rita Cristóvão

Abrantina com uma costela maçaense, rumou a Lisboa para se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.