Nesta altura decorrem os trabalhos das fundações. Foto: CM Entroncamento

Prevê-se a conclusão do futuro crematório do Entroncamento, situado no Cemitério Municipal, entre abril e maio do próximo ano. No dia 27, o presidente da Câmara Municipal, Jorge Faria e o vereador Carlos Amaro, inteiraram-se do decorrer dos trabalhos acompanhados do concessionário e “verificaram que as obras decorrem a bom ritmo”, refere uma nota de imprensa da autarquia, para quem “a construção deste equipamento, beneficiará não só o concelho como toda a região”.

Representa um investimento privado de cerca de 700 mil euros e vai criar cinco postos de trabalho. A conceção, construção e exploração do crematório da cidade foi entregue à empresa Pleaseantdedication, ficando esta, responsável pelo pagamento ao município de uma percentagem sobre o total de receitas geradas pelos serviços prestados, tendo a concessão a duração de 30 anos.

A área de implantação do crematório do Entroncamento é de 1.132m², dos quais 300m² de área de construída e os restantes alocados a zonas ajardinadas com fins específicos (Jardim da Memória, Cendrário e Columbário).

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.