Liseta Queirós. Foto: DR

Entre os dias 17 e 29 de agosto, a Galeria Municipal do Entroncamento recebe a exposição de pintura “Traços dos Tempos” de Liseta Queirós. É a primeira exposição individual desta pintora natural de Bugalhos, Alcanena, mas a residir em Torres Novas.

“Os trabalhos que apresento são um olhar sobre mim, os outros e o meio físico e psicológico que vivemos”, explica Liseta Queirós, que acrescenta: “são uma reflexão que tenho feito em torno das contradições e movimentos humanos, gestos e construções, esperança e desalento…que acabam por se refletir nos rostos humanos e no espaço em que vivemos.”

A artista sempre sonhou pintar, no entanto apenas em 2012 após abandonar a docência se dedicou à pintura a óleo. Foi no CEAC – Centro de Estudos de Arte Contemporânea de Vila Nova da Barquinha que encontrou “algum sossego e orientação” para os seus trabalhos, que tem realizado quase na totalidade naquele espaço.

A exposição tem inauguração marcada para dia 17 de agosto, pelas 17h00 e estará patente de terça-feira a domingo, entre as 15h00 e as 19h00.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.