Entroncamento. Imagem: CME

O município do Entroncamento, seguindo aquela que é a recomendação do Governo central, vai implementar a iluminação de Natal entre os dias 6 de dezembro e 6 de janeiro, mas apenas no período compreendido entre as 18h00 e as 24h00. O PSD recomendou ao executivo socialista que as luzes fossem desligadas duas horas antes (22h00) e que em vez disso fossem colocados pinheiros junto aos estabelecimentos de comércio local.

Foi Rui Gonçalves, vereador do PSD, quem expôs a recomendação ao executivo socialista, começando por afirmar que “os tempos, infelizmente, não são de fartura e por conseguinte existem medidas de constrangimento no uso de luz elétrica pública, nomeadamente no que diz respeito ao uso das luzes decorativas de Natal”.

Neste sentido, o edil sugeriu que a colocação das luzes natalícias seja feita, ao exemplo de outros municípios, entre os dias 6 de dezembro e 6 de janeiro, e que estejam em funcionamento entre as 17h00 e as 22h00, sendo que “como sempre poderão ser deliberadas exceções mas a regra deverá ser sempre a poupança de energia”.

Recomendação do PSD, pelo vereador Rui Gonçalves.

“Para contrabalançar esta medida sugere-se a aquisição de pinheiros, que seriam colocados à porta de cada comércio local que o requisitasse, efetuando estes a sua decoração que seria posteriormente alvo de um concurso. Posteriormente a este período, estes pinheiros seriam plantados pelo concelho promovendo o embelezamento da cidade e contribuindo para um ambiente mais saudável”, disse ainda o vereador do PSD.

Jorge Faria (PS), presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, fez então saber que a iluminação natalícia vai funcionar entre efetivamente de 6 de dezembro a 6 de janeiro, mas entre as 18h00 e as 24h00, acrescentando que uma hora não faz muita diferença porque todas as luzes são em led (de baixo consumo).

“Nós temos vindo a comprar serviços e a adquirir algumas luzes, todas as luzes que adquirimos ou todos os serviços que adquirimos tem sido já em led, e este ano não fugirá à regra, por isso ser mais ou menos uma hora, aqui a nossa opção é seguir aquilo que é a orientação geral, que é das 18h00 às 24h00”.

Quanto à sugestão da aquisição e colocação de pinheiros junto dos comércios locais, o autarca socialista disse que da análise já feita “não temos condições para implementar” mas que de qualquer modo o executivo ainda vai avaliar.

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *