"Memórias e paisagens da Islândia" é uma exposição fotográfica de Diogo Ribeiro que vai estar patente na Galeria Municipal do Entroncamento. Foto: Diogo Ribeiro

Dos vulcões aos glaciares, dos vales às cascatas, do sol da meia-noite ao fenómeno das auroras boreais, são três anos de memórias e paisagens da Islândia que vão ser expostas ao público, a partir de 24 de julho, na Galeria Municipal do Entroncamento.

Outrora pelos corredores da Escola Secundária do Entroncamento, hoje pelos caminhos do mundo, Diogo Ribeiro é fotógrafo freelancer e passou os últimos três anos e meio na Islândia, expondo agora a sua experiência numa viagem pelos quatro cantos desta ilha nórdica que vai estar patente na Galeria Municipal do Entroncamento.

De 24 de julho a 5 de agosto vai ser possível viajar pela beleza natural da ilha do gelo e do fogo (resultado das frequentes erupções vulcânicas e aos glaciares que ocupam grande parte do país), bem como percorrer com os olhos algumas das estradas mais icónicas do mundo, os vales e cascatas iluminados pelo sol da meia noite ou pelo fenómeno das auroras boreais.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Diogo Ribeiro 🌱 (@diogofbribeiro)

(Imagens via Instagram Diogo Ribeiro)

Com entrada gratuita, a exposição “Memórias e paisagens da Islândia” é uma organização conjunta do Município e da Associação Fator J e vai ser inaugurada a 24 de julho, pelas 17h00, e poderá ser apreciada até 5 de agosto, de terça-feira a domingo, entre as 15h00 e as 19h00.

Ana Rita Cristóvão

Abrantina com uma costela maçaense, rumou a Lisboa para se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.