Galeria Municipal do Entroncamento. Foto: CME

A Galeria Municipal do Entroncamento vai acolher de 30 de outubro a 11 de novembro a mostra da artista Marília Aquino, numa abordagem ao ser humano visto do lado feminino e com destaque às suas peculiaridades.

“Quantos traços desenhados para 41 anos de vida? Um cálculo matemático? Uma crença? Fé? Um dom? Um modo de vida. Um ADN, seguramente de um Feminino Peculiar”. É deste jeito desconcertante que se apresenta a artista Marília Aquino apresenta a sua exposição.

Com inauguração marcada para 30 de outubro (sábado), pelas 17h00, na Galeria Municipal do Entroncamento, nesta mostra vai ser possível apreciar “o universo, a matéria, a energia, átomos e moléculas, o planeta Terra, os organismos vivos…os humanos”.

“As partes que formam um todo. Os componentes de um sistema. As partes, os componentes, os elementos formais retirados do todo ao qual pertencem, completamente livres, assumem novos contextos e criam novos conceitos”, refere ainda a artista.

A exposição “Feminino Peculiar” vai estar em exibição até ao dia 11 de novembro. A Galeria Municipal do Entroncamento está aberta ao pública de terça-feira a domingo, das 15h00 às 19h00.

Ana Rita Cristóvão

Abrantina com uma costela maçaense, rumou a Lisboa para se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.