A GNR deteve no passado dia 29 de junho um homem de 43 anos por roubo e furto em interior de residência, no concelho de Torres Novas, anunciou hoje a GNR. Por sua vez, a PSP deteve no dia 6 de julho um homem de 60 anos de idade, por suspeita da prática de vários crimes, entre os quais, posse de arma ilegal, tráfico de estupefacientes, furto qualificado, roubo agravado e sequestro, tendo as forças policiais, através das buscas domiciliárias, apreendido diverso material furtado em estabelecimentos e residências da cidade do Entroncamento.

A detenção por parte do Comando Territorial de Santarém, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Tomar, ocorreu no âmbito de uma investigação por crimes de furto em interior de residências ocorridos nos concelhos de Tomar e Torres Novas, a qual decorria há cerca de dois meses, tendo os militares da GNR realizado uma busca domiciliária na residência do suspeito.

Na sequência da busca foram apreendidos vários artigos bem como se procedeu à detenção do suspeito, sendo que no decorrer do inquérito foram ainda apreendidos vários artigos em ouro, os quais eram transacionados pelo arguido em lojas de compra e venda de ouro, segundo informação avançada pela Guarda Nacional Republicana.

Segundo o comunicado divulgado pela GNR, o detido, que já tinha antecedentes por crimes contra o património, foi presente ao Tribunal Judicial de Santarém no dia 30 de junho, tendo-lhe sido determinada a medida de coação de prisão preventiva.

Foto: Comando Territorial de Santarém da GNR

No caso entroncamentense, segundo as autoridades, a detenção ocorreu na sequência de uma investigação a cargo da Brigada de Investigação Criminal da PSP do Entroncamento, a qual culminou com a realização de uma operação policial com buscas domiciliárias, realizada pelo Comando Distrital de Santarém da PSP, através da Esquadra do Entroncamento da Divisão Policial de Tomar.

A referida operação decorreu na manhã de quarta-feira, dia 6 de julho, a qual contou com o apoio operacional da Esquadra de Investigação Criminal da Divisão de Tomar, do Corpo de Intervenção e Grupo Operacional Cinotécnico da Unidade Especial da PSP, tendo sido recuperados diversos artigos furtados em estabelecimentos e residências da cidade do Entroncamento.

As autoridades apreenderam assim o seguinte material:

· 04 (quatro) Armas de fogo;

· 47 (quarenta e sete) Munições cal. 12GA;

· 09 (nove) Armas de arco e flecha;

· 01 (uma) Viatura de marca Mitsubishi;

· 03 (três) Estufas para cultivo e produção de cannabis (1 em funcionamento e 2 fora de funcionamento);

· 12 (doze) Pés de Cannabis;

· 813g (oitocentos e treze gramas) de folhas de cannabis;

· 01 (uma) Balança de precisão;

· 700 (setecentos) Dólares;

· 01 (uma) Máquina de venda de tabaco;

· Diverso material para cultivo e produção de cannabis;

· Diversas chapas de matrícula de viaturas automóveis;

· Diverso material informático e eletrónico;

· Vários utensílios habitualmente utilizados em furtos a residências/estabelecimentos;

· Diversos eletrodomésticos

Foto: Comando Distrital de Santarém da PSP

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.