Cidade do Entroncamento (Foto: mediotejo.net)

Após reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil do Entroncamento, esta quarta-feira, para avaliar a situação da Covid-19 no concelho, o presidente do Município determinou a desativação do Plano Municipal de Emergência.

A decisão foi tomada tendo em conta o ponto de situação da pandemia no concelho, que se encontra à data “próximo do limite mínimo do risco moderado”, conforme refere a autarquia entroncamentense em comunicado.

Recordando o elevado nível de vacinação e os números de casos positivos registados em Portugal que levaram a que o país passasse no passado dia 1 de outubro para situação de alerta (tendo por conseguinte o Comando Distrital de Emergência e Proteção Civil de Santarém determinado a desativação do Plano Distrital de Emergência), o presidente do Município do Entroncamento ouviu a Comissão Municipal de Proteção Civil e determinou desativar o Plano Municipal de Emergência do Entroncamento, voltando o concelho a “uma situação de normalidade”.

Não obstante, na reunião (que contou com as diversas entidades do concelho como Juntas de Freguesia, Santa Casa da Misericórdia, Segurança Social e Agrupamento de Escolas, além do coordenador municipal da Proteção Civil, Rodrigo Bertelo), foi sublinhado que irá ser mantida uma “monitorização regular do processo de evolução da pandemia”.

Ana Rita Cristóvão

Abrantina com uma costela maçaense, rumou a Lisboa para se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.