Mercado de Natal junto ao Jardim do Cruzeiro em Gavião. Créditos: mediotejo.net

O Município de Gavião decidiu implementar algumas medidas no sentido de “mitigar a atual situação pandémica”, considerando “fundamental garantir a segurança de todos e o cumprimento das medidas definidas pelas entidades competentes”, explica em comunicado. A decisão surge após Resolução do Conselho de Ministros que declarou a situação de calamidade em todo o território nacional continental a partir do dia 1 de dezembro.

Entre as medidas preventivas, o Município decidiu condicionar o acesso ao Mercado de Natal e a eventos que ocorram no Cineteatro Francisco Ventura, só sendo possível mediante uma das seguintes situações: Apresentação de Certificado de Recuperação; apresentação de Certificado que ateste o esquema de vacinação completo; ou teste negativo. No Comboio de Natal passa a ser obrigatório o uso de máscara e higienização das mãos nos passeios efetuados.

Informa também que o programa “AQUI Portugal” da RTP, agendado para o dia 18 de dezembro, foi adiado, numa decisão conjunta com a direção de programas da RTP. 

Haverá ainda obrigatoriedade o uso de máscara em todos os edifícios afetos ao município; procede-se à diminuição da lotação do Cineteatro; e é ativado o Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil.

No mesmo comunicado a autarquia dá ainda conta do reforço da higienização e limpeza dos espaços e veículos do município e da testagem dos funcionários afetos ao município.

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.