No total já há mais de 100 camas disponíveis. Foto: CM Chamusca

A juntar às 48 camas de 2ª linha montadas no Edifício de São Francisco, na Chamusca, a Câmara instalou mais 60 camas no Pavilhão Desportivo da Escola Sede do Agrupamento de Escolas que vão integrar a 1.ª linha da resposta distrital para a eventualidade de ser necessário proceder ao realojamento de utentes de Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI), em caso de evacuação.

Conforme explica o Presidente da Câmara, “trata-se de uma estrutura destinada a situações de alojamento temporário em caso de necessidade de desinfeção das ERPI, garantindo a segurança dos utentes não infetados e o regresso, o mais breve possível, aos seus locais de origem. Este local foi definido em conjunto com a ANEPC e com o Centro Distrital de Santarém da Segurança Social”.

A estrutura está definida no Plano Municipal de Operações do Município e dá resposta à situação de pandemia da COVID-19 que atualmente vivemos.

Na operação de montagem desta resposta colaboraram militares da Secção de Logística da Brigada de Reação Rápida, o Comandante Distrital da Proteção Civil, Mário Silvestre, o Diretor Distrital da Segurança Social, Renato Bento, o Serviço Municipal de Proteção Civil da Chamusca, o Comandante dos Bombeiros Rui Saramago e os funcionários do município.

 

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.