Hugo Hilário, presidente da CIMAA e da CM Ponte de Sor, destaca “concertação máxima” no Alto Alentejo no combate ao vírus. Foto arquivo: CIMAA

A Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA) vai comparticipar a compra de ventiladores e equipamentos de proteção para o combate à pandemia da covid-19, num investimento global de um milhão de euros, ao mesmo tempo que disponibiliza mais de 1400 camas em centros de isolamento e arranca com testes em todos os lares da região.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da CIMAA, Hugo Hilário, explicou que a iniciativa, destinada a equipar hospitais e centros de saúde do distrito de Portalegre, faz parte de uma candidatura a fundos comunitários apresentada pela Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA).

“Os 15 municípios do distrito de Portalegre, através de um protocolo entre a CIMAA e a ULSNA, disponibilizaram-se a assegurar a contrapartida nacional de uma candidatura que a ULSNA esta a fazer”, disse.

A iniciativa tem como objetivo aumentar a capacidade de resposta dos municípios do norte alentejano e dotar os serviços regionais de saúde de mais meios para enfrentar a pandemia da covid-19.

Alto Alentejo disponibiliza mais de 1400 camas e arranca com testes em lares

Esta semana decorreu uma reunião por videoconferência entre o Presidente da CIMAA, representantes do Conselho de Administração da ULSNA e Diretora do Centro Distrital de Solidariedade e Segurança Social de Portalegre, para articulação sobre a aplicação dos testes ao COVID19 no território do Alto Alentejo, no âmbito do programa preventivo para lares.

O objetivo deste programa será fazer os testes aos utentes e funcionários de todos os lares no território do Alto Alentejo, desde que cumpram os requisitos obrigatórios, contando com o apoio da ULSNA para a recolha dos testes e com o devido acompanhamento por parte da segurança social e da CIMAA.

Entretanto, os Municípios do Alto Alentejo já têm os seus centros de isolamento devidamente preparados e capacitados, disponibilizando 1432 camas.

Encontram-se igualmente a funcionar os centros de diagnostico nas três cidades do distrito, em Elvas, Ponte de Sor e Portalegre, fazendo diariamente cerca de 10 a 15 testes, por centro, prevendo-se que no decorrer desta semana possam vir aumentar a sua capacidade de realização.

No Alentejo, segundo a DGS, há 156 casos de infeção confirmados e ainda não se registou qualquer morte por covid-19. No Alto Alentejo, há a registar casos confirmados de doença por covid-19 nos concelhos de Portalegre e de Elvas.

A Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA) corresponde à unidade territorial estatística de nível III (NUTIII) do Alto Alentejo e é constituída pelos municípios de Alter do Chão, Arronches, Avis, Campo Maior, Castelo de Vide, Crato, Elvas, Fronteira, Gavião, Marvão, Monforte, Nisa, Ponte de Sor, Portalegre e Sousel.

c/LUSA

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.