Foto ilustrativa: DR

Um total de 12 turmas está esta semana a regressar às aulas presenciais, adiantou à comunicação social o presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque. O autarca optou por não mencionar quais as escolas em causa. Esta segunda-feira, 23 de novembro, não havia mais surtos em lares a registar para além dos três da última semana.

Luís Albuquerque fez um ponto de situação sobre a situação pandémica no concelho após a reunião camarária privada desta segunda-feira. Segundo o autarca, os critérios do Governo têm-se alterado bastante nas últimas semanas, pelo que o município não estaria no terceiro nível de risco na previsão inicial. Os três surtos da última semana, com uma centena de casos positivos em lares, e as alterações aos critérios de risco acabaram por condicionar a atual situação, explicou.

O concelho de Ourém conta com 60 lares e cerca de 4 mil pessoas, entre utentes e funcionários. Até ao momento, adiantou o presidente, os lares com mais de 50 utentes estavam a ser testados semanalmente, rodando a testagem aos funcionários (25% a cada semana). A partir da próxima semana todos os lares de Ourém começarão com este sistema, que se foca sobretudo nos trabalhadores.

Fora os surtos no Lar Geração de Elite, no Lar Residencial Abrigo Nossa Senhora da Ajuda e no Centro João Paulo II, há casos pontuais em outras instituições similares, reconheceu o presidente, não havendo porém nenhum outro caso da mesma magnitude.

O Cento Francisco e Jacinta Marto – Silenciosos Operários da Cruz é a instituição preparada com 126 camas para realojar eventuais surtos de casos positivos, adiantou.

Entretanto as escolas do município acumularam 12 turmas em confinamento, seis das quais voltaram às aulas presenciais esta segunda-feira. As restantes seis retomam à atividade letiva presencial no decorrer desta semana.

Luís Albuquerque informou também que o município adquiriu um equipamento de descontaminação, no valor de 5 mil euros, e está a formar funcionários para a sua utilização, a fim de intervir sempre que necessário.

O município vai ainda tornar a distribuir máscaras, num total de 75 mil.

Cláudia Gameiro

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.