Varino em miniatura. Foto: CMC

O Museu dos Rios e das Artes Marítimas, em Constância, entrou em 2021 com uma nova iniciativa: a Peça do Mês. Uma rubrica mensal que pretende dar a conhecer à comunidade os diversos elementos patrimoniais do concelho constanciense e respetiva história, através das peças disponíveis no acervo museológico.

A abrir o primeiro mês do ano, a peça em destaque em janeiro é o Varino. Outrora embarcação do rio Tejo para transporte de mercadorias para Lisboa e desta cidade para os portos ribeirinhos, o varino podia chegar aos 15 metros de altura e tinha uma capacidade de até 35 toneladas.

Nos dias de hoje, é “uma das peças de artesanato muito apreciadas no concelho”, refere a autarquia constanciense. A miniatura desta embarcação que percorreu as águas do Tejo pode ser apreciada no Museu dos Rios e Artes Marítimas, onde vai estar em exposição com lugar de destaque durante todo o mês de janeiro.

Mensalmente, serão divulgadas novas peças com importância patrimonial para o concelho, através das páginas de Facebook do Museu dos Rios e Artes Marítimas e do Município de Constância.

Ana Rita Cristóvão

Abrantina com uma costela maçaense, rumou a Lisboa para se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.