O Extraordinário Caminho das Árvores, no Parque Ambiental de Santa Margarida, em Constância. Imagem: CMC

A primavera chegou e trouxe consigo uma nova atividade ao Parque Ambiental de Santa Margarida. “O Extraordinário Caminho das Árvores” é o mote para o percurso poético criado para descobrir criativamente as árvores do parque.

Um percurso poético da autoria da ilustradora Marina Palácio que disponibiliza um caminho para ajudar a ler as paisagens silvestres e que pode ser experimentado de forma autónoma por visitantes de diversas idades.

“O Extraordinário Caminho das Árvores” foi inaugurado a 20 de março e contempla um percurso de leituras “sensíveis, reais e poéticas” para serem escutadas, sentidas e registadas graficamente, permitindo ampliar a curiosidade e o conhecimento de diferentes espécies de árvores e respetiva biodiversidade.

Na prática, a ideia é a de os participantes, com uma sacola com um kit-gráfico, um caderno de campo recheado de desafios e livros cuidadosamente escolhidos, partirem à descoberta de onze espécies de árvores que têm por companhia onze casas-de-pássaro com poemas escritos por crianças e seniores do concelho.

Imagem: CMC

“As árvores são extraordinárias, porque não são só sombra, alimento, energia, paisagem ou matéria-prima. São, também, guardiãs de memórias, de vivências históricas, humanas, insólitas e preciosas – verdadeiras bibliotecas vivas”, refere a autarquia constanciense em comunicado.

A atividade é desenvolvida pelo Parque Ambiental de Santa Margarida, que pode ser contactado através do correio eletrónico parqueambiental@cm-constancia.pt ou do telefone 249 736 929.

Ana Rita Cristóvão

Abrantina com uma costela maçaense, rumou a Lisboa para se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.